Meteorologia

  • 08 ABRIL 2020
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Tudo o que se sabe sobre o Covid-19 e as recomendações da DGS

Portugal continua sem qualquer caso de infeção por coronavírus confirmado. Há, no entanto, sete casos em análise.

A preocupação com o novo coronavírus em Portugal tem crescido nos últimos dias devido ao aumento de casos em países geograficamente mais próximos. Itália, país europeu com maior número de infectados, contabiliza 12 mortos. Em Espanha, país vizinho, também já foram confirmados casos de infeção

Se regressou de uma área afetada pelo Covid-19 e apresenta sintomas como tosse, febre ou dificuldade respiratória, antes de tudo, ligue para a Saúde 24 através do número 808 24 24 24, aconselha a Direção-Geral de Saúde (DGS). 

A ministra da Saúde, aliás, tem reiterado este conselho como uma medida especial de precaução para quem regressou de países onde há transmissão do vírus (China, Coreia do Sul, Japão, Singapura,  Irão e Regiões de Itália: Emiglia-Romagna, Lombardia, Piemonte, Veneto.

"É sempre preferível utilizar o telefone a fazer uma deslocação aos serviços de saúde. Porque isso, como sabem, pode por em risco a saúde dos profissionais e de outros utentes que estejam em espaços comuns. O telefone é o melhor contacto, por favor", apelou esta quarta-feira Marta Temido. 

Esta quinta-feira, a DGS publica uma nota referindo que não há restrições para quem regresse a Portugal de países infetados, mas deixa várias recomendaçõesnomeadamente estar atento durante 14 dias ao aparecimento de febre, tosse ou dificuldade respiratória, devendo medir a temperatura corporal duas vezes por dia e registar os valores. E verificar se alguma das pessoas com quem convive de perto, desenvolve sintomas. 

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.800 mortos e mais de 82 mil pessoas infetadas, de acordo com dados reportados por 48 países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 33 mil recuperaram. Além de 2.744 mortos na China, onde o surto começou no final do ano passado, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França, Hong Kong e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública de âmbito internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) registou 25 casos suspeitos de infeção, sete dos quais ainda estavam em estudo na quarta-feira à noite. Os restantes 18 casos suspeitos não se confirmaram, após testes negativos.

No seu primeiro boletim diário sobre a epidemia, divulgado na quarta-feira, a DGS indicou que, "de acordo com a informação atual, o risco para a saúde pública em Portugal é considerado moderado a elevado".

O único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros que foi internado num hospital da cidade japonesa de Okazaki, situada a cerca de 300 quilómetros a sudoeste de Tóquio.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório