Meteorologia

  • 01 ABRIL 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Vimioso vai alertar António Costa para necessidades do concelho

O presidente da Câmara de Vimioso disse hoje que vai aproveitar a presença do primeiro-ministro no concelho para deixar alertas ao Governo, devido a degradação de serviços públicos que vão desde a saúde, educação ou vias de comunicação.

Vimioso vai alertar António Costa para necessidades do concelho

"O senhor primeiro-ministro vai estar no concelho de Vimioso, na quinta-feira, durante a tarde, e não deixarei de lhe expor as necessidades mais prementes do meu concelho. As más ligações viárias até Bragança, ou o problema gravíssimo que se vai colocar, que passa pela previsível falta de médicos no concelho, por motivos de reforma, são algumas", explicou à Lusa, Jorge Fidalgo (PSD).

No caso da saúde, segundo o autarca social-democrata estão "a começar a reformar-se os médicos e até 2021, poderá dar-se o caso" de o concelho ficar sem clínicos.

Na área das ligações viárias, o concelho de Vimioso anseia há varias décadas por uma ligação "condigna" à Autoestrada nº4 e consequente ligação a Bragança, pela Estrada Nacional (EN 218).

"O Centro de Saúde fecha no período noturno, sendo os doentes enviados para o Hospital de Bragança, por uma estrada sinuosa, que, no inverno, devido ao gelo se torna perigosa. E não é só o concelho de Vimioso que utiliza esta via, mas também os utentes de Mogadouro, Freixo de Espada à Cinta e Miranda do Douro. É praticamente um terço do distrito de Bragança", observou o autarca.

Jorge fidalgo disse que concelhos como o seu estão muito dependentes da capital de distrito (Bragança), "pelo que a melhoria das ligações viárias "é uma necessidade urgente".

"Uma ligação do tempo do outro regime não é compatível para as necessidades dos dias de hoje. Acho que tudo isto é por demais evidente", justificou.

O autarca indicou que os alunos do concelho só podem frequentar os seus estudos até ao 9º ano de escolaridade e têm de se deslocar, para acabar o secundário. Ao nível da justiça e tribunais, Jorge Fidalgo alertou que as pessoas andam quilómetros para resolver problemas.

"Concelhos como Vimioso têm de ser vistos com uma particularidade especial, porque os problemas que afetam estes concelhos, de baixíssima densidade populacional e de uma atividade económica muito débil, deveriam ser olhados de uma perfectiva diferente", concretizou o autarca trasmontano.

O concelho de Vimioso, no distrito de Bragança, segundo o autarca, tem cerca de 8,5 habitantes por quilómetro quadrado "o que é muito pouco".

"Reforçar as nossas pretensões, de viva voz, ao senhor primeiro-ministro, nunca é demais e estou certo que terão outra força, já que as pode vivenciar", vincou o autarca.

O Governo promove a partir de hoje, numa base regular, uma série de iniciativas denominadas "Governo Mais Próximo" e que terão lugar em todo o país. O objetivo é o exercício de uma governação de proximidade e entrar em contacto direto com cada região e a população.

A primeira iniciativa "Governo Mais Próximo" acontecerá entre hoje e quinta-feira no distrito de Bragança e incluirá uma reunião de Conselho de Ministros descentralizado, cuja agenda será maioritariamente dedicada à valorização do interior.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório