Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Marques Guedes alerta que PSD poderia ter impedido troca sobre IVA da Luz

O deputado do PSD e presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, Marques Guedes, alertou hoje que o partido poderia ter impedido a troca de votações no guião sobre o IVA da luz, já que o regimento impõe unanimidade.

Marques Guedes alerta que PSD poderia ter impedido troca sobre IVA da Luz
Notícias ao Minuto

14:27 - 13/02/20 por Lusa

Política OE2020

Na reunião da bancada parlamentar do PSD, que terminou sem declarações à comunicação social, Marques Guedes - de acordo com relatos feitos à Lusa por deputados presentes - voltou ao tema do IVA da eletricidade e à estratégia seguida pelo partido durante o debate na especialidade do Orçamento de Estado de 2020.

No dia da votação final global do orçamento, o PSD absteve-se na proposta do PCP que reduzia o IVA da eletricidade de 23 para 6%, depois de ter anunciado pouco antes que votaria a favor.

A mudança de sentido de voto foi justificada na altura pelo deputado Duarte Pacheco com a alteração da ordem das votações no guião, que fez com que as contrapartidas propostas pelo PSD para compensar a perda de receita com a descida do IVA fossem votadas antes e 'chumbadas' pela maioria.

Se tivesse sido votada primeiro a proposta do PCP, o PSD teria votado a favor da redução do imposto, assegurou Duarte Pacheco, para depois colocar na bancada do PS a responsabilidade de aprovar (ou não) as contrapartidas do PSD (que, entre outras medidas, atiravam a entrada em vigor da medida para outubro).

Hoje, na reunião da bancada, o antigo líder parlamentar Marques Guedes questionou se terá sido por estratégia que a bancada do PSD não invocou uma norma do regimento que teria impedido essa alteração da ordem do guião.

De acordo com o artigo 96.º do regimento, o guião de votações "só pode ser objeto de alteração desde que nenhum grupo parlamentar se oponha", o que não se verificou na ocasião, já que o PSD votou contra, mas não protestou da decisão da Mesa da Assembleia da República, que aceitou a votação do plenário por maioria.

No final, questionado sobre essa matéria pelos jornalistas, o deputado Duarte Pacheco referiu que teria de verificar no regimento essa situação.

Na reunião de hoje da bancada do PSD não foi discutida a marcação de eleições para escolher o próximo presidente do grupo parlamentar, depois de Rui Rio ter dito que só ficaria no cargo até ao Congresso que se realizou no passado fim de semana.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório