Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2020
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 22º

Edição

Passageiro "muito alterado" ofende e agride PSP no Aeroporto de Lisboa

Em dois dias, três pessoas foram detidas no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Casos foram detalhados pela PSP.

Passageiro "muito alterado" ofende e agride PSP no Aeroporto de Lisboa

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP), através da Divisão de Segurança Aeroportuária, deteve, nos dias 25 e 26 de janeiro, três pessoas no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Num dos casos, um agente foi agredido e necessitou de assistência médica. 

O primeiro caso, no dia 25 de janeiro, foi a detenção de uma mulher, de 47 anos, por suspeita da prática de vários furtos.

A denúncia partiu da responsável das lojas Francas - Duty Free Store, situada na área comercial do aeroporto. Então, a PSP "diligenciou para intercetar e deter a suspeita e deste modo recuperar vários artigos de cosmética, entre eles perfumes de reconhecida marca internacional no valor de 652 euros", é explicado em comunicado enviado esta terça-feira e a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Já no dia seguinte, a força de segurança deteve um homem de 26 anos de idade por suspeitas da prática de crime contra a autoridade pública.

Na sequência de uma denúncia, a polícia "deslocou-se a bordo de uma aeronave proveniente de Amesterdão". Momentos antes da chegada da aeronave ao stand de estacionamento, o suspeito "teve um comportamento bastante desordeiro e agressivo, ofendendo os funcionários da companhia aérea, bem como outros passageiros"

Na mesma nota é ainda explicado que o suspeito se encontrava "muito alterado" e, após lhe ter sido dada "ordem expressa para abandonar a aeronave, reagiu de forma bruta, ofendendo e agredindo um Polícia, enquanto pretendia não obedecer."

O polícia da PSP "recebeu tratamento hospitalar".

No terceiro caso, também no dia 26 de janeiro, um homem de 25 anos foi detido no Aeroporto de Lisboa por suspeitas da prática do crime de posse de arma proibida.

O homem, "foi rastreado no raio-x não Schengen no Aeroporto Humberto Delgado, ao fazer trânsito no Aeroporto Humberto Delgado, local onde se verificou ser portador de uma arma branca dissimulada, do tipo 'cardsharp'".

Todos os detidos foram presente na Instância Local Criminal de Lisboa - Secção de Pequena Criminalidade, para audiência de julgamento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório