Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Caso suspeito de coronavírus em Portugal com resultado negativo

Esta nova estirpe do coronavírus já matou 56 pessoas.

Caso suspeito de coronavírus em Portugal com resultado negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu um comunicado na manhã deste domingo no qual esclarece que o caso suspeito de infeção pela nova e mortal estirpe do coronavírus (2019-nCov) - o primeiro em Portugal - foi negativo após a realização das análises laboratoriais. De acordo com a DGS, os testes ao paciente que tinha estado recentemente na cidade de Wuhan, na China, foram efetuados pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, e resultaram em "duas amostras biológicas negativas". 

O paciente, que esteve sob observação no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, apresentava um situação clínica estável. 

A DGS salienta que vai continuar a acompanhar atentamente este surto do coronavírus, em "articulação permanente com instituições/organizações nacionais e internacionais para adoção de medidas a nível nacional e em consonância com as recomendações que forem sendo emitidas pela Organização Mundial da Saúde e pelo European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC)". 

A Direção-Geral da Saúde voltou a reforçar as recomendações para as pessoas que viajarem para a China, entre as quais, evitar o contacto próximo com pessoas que apresentem sinais e sintomas de infeções respiratórias agudas, lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, e adotar medidas de etiqueta respiratória, como por exemplo,  tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir. 

A DGS recorda ainda que no regresso da viagem, seja de Wuhan ou de outras áreas afetadas na China, os viajantes que apresentarem febre, tosse e eventual dificuldade respiratória, deverão evitar deslocar-se aos serviços de saúde e ligar para o SNS24 - 808 24 24 24, que está preparado para orientar e esclarecer o viajante e a população. 

O surto desta nova estirpe de coronavírus teve origem na cidade de Wuhan. 56 pessoas morreram e quase duas mil foram infetadas na China. Também já foram registados cerca de três dezenas de casos de infeção em países como Macau, Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Japão, Estados Unidos, França, Austrália e Canadá. 

[Notícia atualizada às 9h41]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório