Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Agrediu juíza e arranhou procuradora em tribunal de Matosinhos

A agressora, de cerca de 30 anos, foi detida pela PSP.

Agrediu juíza e arranhou procuradora em tribunal de Matosinhos

A PSP deteve esta quarta-feira, informa a SIC Notícias, uma mulher no Tribunal de Família e Menores de Matosinhos. De acordo com a televisão, a mulher terá agredido, cerca das 11h00, uma juíza e arranhado uma procuradora do Ministério Público.

De acordo com informações dadas por fonte da Associação Sindical dos Juízes Portugueses, as agressões "aconteceram no âmbito de uma audiência de regulação do poder parental".

A sessão foi interrompida depois de a suspeita ter agredido a murro a juíza e, acrescenta a SIC Notícias, ter tentado pegar num candeeiro e virado uma das mesas da sala de audiência.

Chamada a intervir, a PSP deteve a suspeita que antes, conta a televisão, ainda arranhou uma procuradora do Ministério Público.

Sem conseguir precisar motivo da discordância, a Associação Sindical dos Juízes Portugueses disse que o pai do menor sobre o qual decorria a audiência "estaria presente na diligência", sendo que a criança está cargo de avós. 

Na sequência deste incidente, a mulher com cerca de 30 anos foi detida e conduzida às celas do tribunal de Matosinhos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório