Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Equipa da RTP retida e questionada na fronteira no regresso de Hong Kong

A direção de informação da RTP afirmou que a equipa de reportagem que se encontra em Macau foi retida, na quinta-feira, para "identificação e interrogatório" ao regressar de uma reportagem em Hong Kong.

Equipa da RTP retida e questionada na fronteira no regresso de Hong Kong
Notícias ao Minuto

07:47 - 14/12/19 por Lusa

País Macau

Em resposta à Lusa, a direção de informação da televisão pública portuguesa indicou que a equipa de reportagem deslocou-se na quinta-feira a Hong Kong, a cerca de 60 quilómetros, e, no regresso a Macau via ferry, foi "retida para identificação e interrogatório pelo controlo de segurança alfandegário durante uma hora e meia".

A direção de informação da RTP acrescentou que "o material de reportagem foi sujeito a vistoria, mas sem qualquer apreensão do mesmo. A equipa prosseguiu o seu trabalho normalmente e editou uma peça sobre a manifestação de Hong Kong que foi emitida no Telejornal", referiu-se na resposta à Lusa. A notícia tinha sido avançada pelo canal em português da Rádio Macau.

O caso levou a Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) a apelar às autoridades de Macau para que "o livre exercício da profissão esteja assegurado na plenitude".

"Perante situações recentes de jornalistas do exterior que viram a entrada negada ou que foram inquiridos prolongadamente nas fronteiras de Macau", a AIPIM "lamenta essas situações e faz um apelo às autoridades de Macau para que seja respeitada a livre circulação de jornalistas e que o livre exercício da profissão esteja assegurado na plenitude", indicou a associação, num comunicado enviado às redações.

Esta manhã, o Gabinete de Comunicação Social (GCS) de Macau alertou os 'media' que se deslocam ao território para as comemorações do 20.º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial chinesa e posse do V Governo para a necessidade de procederem a um "pedido de importação de equipamento".

"Caso planeiem fazer-se acompanhar de equipamentos de grande dimensão durante a passagem pela Alfândega de Macau, devem enviar ao Gabinete de Comunicação Social, por e-mail, os documentos necessários", indicou o GCS em comunicado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório