Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 6º MÁX 13º

Edição

Dois cremes para crianças foram descontinuados, um voltou ao mercado

O Infarmed informou hoje que os cremes das marcas Dermosense e Wells, mandados retirar em setembro de 2017 e outubro de 2018, respetivamente, não voltaram a ser comercializados, enquanto o da Barral voltou ao mercado após correção.

Dois cremes para crianças foram descontinuados, um voltou ao mercado
Notícias ao Minuto

18:01 - 13/12/19 por Lusa

País Infarmed

Numa nota enviada hoje à Lusa, a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) revela que "os cremes da Dermosense e da Wells foram descontinuados. O da Barral voltou a ser comercializado após correção da não conformidade detetada".

Este esclarecimento surge na sequência da divulgação hoje pelo Infarmed de dois relatórios sobre fiscalização de cosméticos para crianças, que não tinham data.

Posteriormente, o Infarmed informou que os dois documentos são relativos a uma operação que durou mais de um ano e levou à retirada de alguns cremes em 2017 e 2018.

Os relatórios da Autoridade Nacional do Medicamento dizem respeito a uma ação de monitorização do mercado relativo a cosméticos para crianças (creme, gel de banho, champô) que levou à retirada do mercado de alguns produtos em 2017 e em 2018.

De acordo com as circulares do Infarmed, o cosmético Wells Creme Rosto Bebé foi mandado retirar do mercado em outubro de 2018 e o creme Barral BabyProtect Creme de Rosto em setembro do mesmo ano.

Os produtos Dermosense creme gordo 100 ml e Dermosense creme de mãos 50 ml foram mandados retirar voluntariamente do mercado em setembro de 2017, segundo a circular do Infarmed.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório