Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2020
Tempo
MIN 7º MÁX 13º

Edição

Vila Real anunciou 9,5 ME para saneamento e redução de perdas de águas

A Câmara de Vila Real anunciou hoje um investimento de 9,5 milhões de euros na ampliação da rede de saneamento do concelho, ultrapassando os 84% de taxa de cobertura, e ainda na redução das perdas de água.

Vila Real anunciou 9,5 ME para saneamento e redução de perdas de águas

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, disse hoje, em conferência de imprensa, que este investimento já vai ser concretizado no âmbito da nova empresa Águas do Interior Norte (AdIN), que agrega oito municípios.

Recentemente, foram aprovadas duas candidaturas da AdIN a fundos comunitários, no valor de 29 milhões de euros, dos quais 15 milhões de euros vão ser aplicados em redes de saneamento, equipamentos e infraestruturas associadas e 14 milhões de euros vão ser investidos em equipamentos tecnológicos para instalação em redes de água e saneamento para melhorar a sua eficiência.

"Estas candidaturas estão já aprovadas e para o concelho de Vila Real representam um investimento de mais de 9,5 milhões de euros elevando a taxa de cobertura para a ambicionada média nacional", afirmou Rui Santos.

A taxa média nacional é de 84% e, em 2013, quando o PS ganhou as eleições pela primeira vez neste concelho, a taxa de cobertura da rede de saneamento era de "apenas 63%".

De acordo com Rui Santos, serão aplicados 4,5 milhões de euros "no mundo rural", nas freguesias de Abaças, Andrães, Torgueda, Vila Marim e União de Freguesias de Adoufe e Vilarinho da Samardã.

"Assim, mais de 900 alojamentos e cerca de duas mil pessoas (...) serão contempladas com redes de saneamento", frisou o autarca.

Os restantes cinco milhões de euros vão ser aplicados em equipamentos com vista à melhoria da eficiência das redes de água e saneamento.

O objetivo é, segundo Rui Santos, diminuir os "atuais 22%" de perdas de água da rede.

O autarca frisou que, entre 2014 e 2019, o município aplicou 20 milhões de euros, com financiamento comunitário, nos setores da água e das águas residuais.

"No decorrer destes dois mandatos o investimento nesta área chegará quase aos 30 milhões de euros", concluiu.

A empresa Águas Interior Norte foi constituída formalmente a 14 de novembro, tem sede em Vila Real, vai servir 105 mil habitantes de oito municípios e visa o ganho de escala e eficiência na gestão da água.

A AdIN junta os municípios de Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Mesão Frio, Sabrosa, Murça e Peso da Régua (distrito de Vila Real), ainda Torre de Moncorvo e Freixo de Espada à Cinta (distrito de Bragança),

O objetivo é que, no primeiro trimestre de 2020, os clientes comecem a receber em suas casas faturas já emitidas pela nova entidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório