Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Falso assessor pediu dinheiro em nome de Presidente Marcelo

O arguido vai responder por sete crimes.

Falso assessor pediu dinheiro em nome de Presidente Marcelo

Alexandre Ferreira Alves, que nas redes sociais apresenta-se como Relações Públicas e tem fotos com diversas figuras públicas nacionais, está a ser acusado de se fazer passar por consultor do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para angariar donativos junto de diversas pessoas e entidades.

De acordo com a TVI, o arguido telefonava, através do telemóvel da mãe e do telefone fixo da casa dos pais, às empresas e dizia ser um dos consultores da Casa Civil de Marcelo Rebelo de Sousa, usando mesmo o nome de um elemento do staff do Presidente da República.

Uma das entidades lesadas foi o grupo Violas. Segundo o canal de Queluz de Baixo, Alexandre Ferreira Alves contactou o presidente do grupo, em dezembro de 2017, fazendo passar-se pelo assessor do Presidente. Na altura pedia 5 mil euros para ajudar a financiar a cirurgia de um queimado.

A Casa Ferreirinha também foi alvo deste esquema. A Maria Leonor Freitas, Alexandre terá pedido mil euros para ajudar uma vítima queimada durante os incêndios de Pedrógão Grande.

Para enviar e-mails, o arguido utilizava uma conta de e-mail falsa com o nome de um dos consultores de Marcelo. Já o NIB fornecido para as transferências era o da mãe de Alexandre.

O Ministério Público acusa agora Alexandre de sete crimes de abuso de designação, sinal ou uniforme e um de falsidade informática. O julgamento começa no dia 9 de dezembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório