Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Número de filhos por mulher em Portugal regista maior aumento desde 2005

Estatísticas apontam que, apesar do aumento da natalidade, do decréscimo da emigração e do aumento da imigração, a situação demográfica no país "continua a caracterizar-se pelo decréscimo da população residente".

Número de filhos por mulher em Portugal regista maior aumento desde 2005

De acordo com dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o número de filhos por mulher foi de 1,4, o valor mais elevado desde 2005.

Em 2018, a população residente em Portugal foi estimada em 10.276.617 pessoas, o que representa uma diminuição de 14.410 habitantes ao ano anterior.

Apesar disso, o número de nascimentos aumentou. Passou de 86.154 (nados-vivos), em 2017, para 87.020 em 2018, o que representa um aumento de 1%.

O índice sintético de fecundidade registou um aumento, para 1,41 filhos por mulher (quando em 2017 era de 1,37 ).

Filhos? Cada vez mais tarde

Os dados do INE permitem ainda concluir que a idade de média em que as mulheres têm um filho continuou a aumentar, situando-se agora em 31,4.

A idade média ao nascimento do primeiro filho também aumentou ligeiramente (passou de 29,6 anos em 2017 para 29,8 anos no ano passado).

Mais mortes, mais casamentos, menos divórcios

Em 2018, o número de óbitos em Portugal foi de 113.051, aumentando 3,0% relativamente a 2017 (109.758).

O que também aumentou foi o número de casamentos. Em 2018, realizaram-se no país  34 637 enlaces, mais 3,0% que no ano anterior (33.634). Os divórcios, por outro lado, caíram 5,7% para os 20.345 (a idade média do divórcio foi 47,1 anos para os homens e 44,6 anos para as mulheres). 

Mais estrangeiros a adquirir nacionalidade portuguesa

Estima-se que, durante 2018, tenham entrado em Portugal 43.170 imigrantes permanentes, mais 17,8% que em 2017 (36 639), e tenham saído 31.600 emigrantes permanentes, menos 0,5% que em 2017 (31 753).

Assim, o saldo migratório foi positivo pelo segundo ano consecutivo (4.886 em 2017 e 11 570 em 2018).

Em 2018, referem as estatísticas, 28.856 estrangeiros adquiriram a nacionalidade portuguesa, um número superior em 23,7% ao de 2017 (23 320): 21.333 aquisições da nacionalidade respeitaram a residentes em Portugal e 7 523 a residentes no estrangeiro.

O INE sublinha que apesar do aumento da natalidade, do decréscimo da emigração e do aumento da imigração, "a situação demográfica em Portugal em 2018 continua a caracterizar-se pelo decréscimo da população residente, ainda que atenuado nos dois últimos anos". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório