Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Mulher que matou namorado na Moita fica em prisão preventiva

A mulher, com 54 anos de idade, arremessou-lhe óleo de fritura a elevada temperatura e desferiu-lhe duas facadas.

Mulher que matou namorado na Moita fica em prisão preventiva

A mulher, de 54 anos, que confessou ter matado o companheiro à facada na Moita, em Setúbal, foi hoje ouvida em primeiro interrogatório judicial. Foi determinado que fica em prisão preventiva, avançou à Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

A arguida, de 54 anos, foi ouvida pelo juiz de instrução criminal Carlos Delca no Tribunal do Barreiro, no mesmo distrito, adiantou o diretor da PJ de Setúbal, Vítor Paiva.

Segundo um comunicado da polícia, a mulher está indiciada pelo crime de homicídio qualificado, que ocorreu na segunda-feira de manhã, depois de "uma discussão com a vítima, um homem de 27 anos com quem vivia maritalmente".

Nesta sequência, adiantou a PJ, a mulher "arremessou-lhe óleo de fritura a elevada temperatura e desferiu-lhe duas facadas, provocando-lhe morte imediata".

Segundo fonte da GNR, na segunda-feira, a mulher entregou-se no posto da Moita, onde confessou o homicídio do seu companheiro.

Leia Também: Professor russo detido após descoberta de braços de aluna na sua mochila

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório