Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Fecho da urgência pediátrica no Garcia de Orta é "hipótese em estudo"

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse hoje que o encerramento todas as noites da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, no distrito de Setúbal, "é uma hipótese que está ainda em estudo".

Fecho da urgência pediátrica no Garcia de Orta é "hipótese em estudo"
Notícias ao Minuto

19:18 - 08/11/19 por Lusa

País Ministra da Saúde

"Essa é uma possibilidade, mas é uma possibilidade que ainda está em estudo e que será sempre articulada com o alargamento de outro tipo de respostas. É uma hipótese que está ainda em estudo", frisou Marta Temido.

A ministra da Saúde, que falava aos jornalistas à margem de uma sessão sobre aleitamento materno que decorreu em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, garantiu que "está a ser articulada" pelo conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e por outros hospitais da região "a melhor solução para o funcionamento da pediatria de várias urgências da Área Metropolitana de Lisboa".

As declarações de Marta Temido surgem horas depois da Comissão de Utentes do Seixal ter afirmado que a urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta vai passar a encerrar todas as noites, a partir de 18 de novembro, por seis meses.

A agência Lusa contactou a administração do Hospital Garcia de Orta, que não confirmou o encerramento, afirmando apenas que continua a trabalhar para "ultrapassar" a falta de pediatras na unidade.

"A partir de dia 18 passa a encerrar todas as noites dos sete dias da semana", disse à Lusa José Lourenço, da Comissão de Utentes de Saúde do Concelho do Seixal, depois de uma reunião com a administração do Garcia de Orta.

Este serviço encerrou por diversas vezes durante a noite em outubro por falta de especialistas, levando o hospital a implementar um modelo de encerramento no período noturno aos fins de semana, até 18 de novembro.

Confrontada com o anúncio da comissão de utentes sobre o encerramento todas as noites, Marta Temido não confirmou nem desmentiu a hipótese, referindo que "existem meios humanos limitados e necessidade de garantir aos utentes".

"O Serviço Nacional de Saúde é uma rede e cabe-nos garantir que as respostas têm qualidade e prontidão", disse a governante.

Questionada sobre quais as alternativas à possibilidade de encerramento, a ministra respondeu: "Há mais hospitais da coroa de Lisboa que fecham às noites na área da pediatria. É o caso do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental que articula com o Centro Hospitalar de Lisboa Norte e com Centro Hospitalar de Lisboa Central. No fundo é um modelo semelhante ao das urgências metropolitanas do Norte do país".

Marta Temido acrescentou que a tutela acredita que terá "no início da próxima semana" resultados do processo de recrutamento de recém-especialistas o que, disse a governante, "permitirá ter novos pediatras no Hospital Garcia de Orta".

A falta de pediatras no Garcia de Ortaafeta o hospital há mais de um ano, quando saíram 13 profissionais e, segundo o Sindicato dos Médicos da Zona Sul, nem o lançamento de concursos foi suficiente para colmatar a carência porque "ninguém concorreu".

Atualmente, trabalham 28 médicos no serviço de pediatria, dos quais sete fazem urgência e apenas quatro podem fazer noites porque têm menos do que 55 anos.

Em 26 de outubro, o presidente do Hospital Garcia de Orta informou que a urgência pediátrica deve normalizar "daqui a seis meses", depois do lançamento de um novo concurso e do preenchimento das três vagas por contratação direta, autorizadas pelo Ministério da Saúde.

O Hospital Garcia de Orta serve os concelhos de Almada e Seixal, no distrito de Setúbal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório