Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Megaoperação da PJ: Cinco guardas prisionais detidos

Inspetores mobilizados para a operação contaram com o apoio e colaboração da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais e do Grupo de Intervenção e Segurança Prisional.

Megaoperação da PJ: Cinco guardas prisionais detidos

Pelo menos cinco guardas prisionais foram detidos, esta terça-feira, pelos inspetores da Polícia Judiciária durante uma operação que visou combater o tráfico de droga no interior das prisões portuguesas.

Informação apurada pela TVI dá conta de que o sexto detido é um homem há muito procurado pelas autoridades e que é conhecido como o 'líder do gangue Valbom' do Porto.

Segundo a mesma fonte, as buscas foram realizadas não só no Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, como avançado inicialmente pela PJ, como também nas prisões de Santa Cruz do Bispo e de Custóias.

Dos cinco guardas prisionais detidos dois são chefes e terão estado ligados à polémica festa de aniversário realizada na prisão de Paços de Ferreira e posteriormente divulgada nas redes sociais. Estes dois elementos haviam sido afastados e transferidos para outros estabelecimentos prisionais.

Outros dois detidos, refere a TVI, têm ligações a familiares de reclusos, ligações essas que se desenvolveram na atividade noturna e que levaram os guardas a permitir a entrada de droga e telemóveis na prisão.

Por fim, o quinto guarda prisional detido está atualmente de baixa.

No âmbito da Operação Entre-Grade foram realizadas 52 buscas em estabelecimentos prisionais, domicílios e espaços comercias e cumpridos ainda seis mandados de detenção.

[notícia atualizada às 13h55]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório