Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Um dos camiões acidentados na A1 transportava material explosivo

GNR esteve a regular o trânsito até às 5h37 desta quinta-feira para não ocorrer nenhum acidente.

Um dos camiões acidentados na A1 transportava material explosivo

A GNR emitiu um comunicado, na tarde desta sexta-feira, onde esclarece as razões pelas quais os trânsito esteve cortado na A1, próximo da zona de Santarém, desde as 19h00 de quarta-feira até às 5h37 desta quinta-feira.

No comunicado, enviado ao Notícias ao Minuto, a GNR começa por revelar que a colisão, que aconteceu ao quilómetro 59 do sentido Norte-Sul, envolveu dois veículos pesados de mercadorias, entre os quais um camião de matérias perigosas.

Após a avaliação do local, os militares verificaram que existiam destroços numa extensão de 400 metros e que o veículo de matérias perigosas transportava “material corrosivo e explosivo, se tivesse em contacto com a água.

Perante este perigo, as autoridades no local decidiram efetuar o corte total da faixa de rodagem no sentido Norte-Sul, oito quilómetros antes do local do acidente, garantindo assim a segurança de pessoas e bens que se encontravam no local de passagem e desviando o trânsito para a alternativa existente, saída da A1 no acesso para Santarém e entrada na A1 no acesso do Cartaxo.

Assim sendo, foi criado um perímetro de segurança para as equipas especialistas poderem resolver a remoção dos materiais derramados na via e das duas viaturas pesadas acidentadas, tarefa que, segundo a GNR, “se revestiu de bastante complexidade, face ao material que se encontrava no local”.

Já as viaturas que ficaram imobilizadas entre o corte de trânsito e o local do acidente foram desviadas em contramão, com o devido acompanhamento dos militares do Destacamento de Trânsito.

O trânsito, tal como confirma a GNR, foi reaberto às 5h37 de hoje, depois de efetuados todos os trabalhos de remoção e limpeza da via.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório