Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Câmara de Lisboa exige investimento em meios e instalações da PSP

A Câmara de Lisboa aprovou hoje por unanimidade uma moção apresentada pelo PCP a exigir ao Governo a realização do "investimento necessário" em meios e instalações que permitam um "policiamento de proximidade" por parte da PSP.

Câmara de Lisboa exige investimento em meios e instalações da PSP
Notícias ao Minuto

18:06 - 24/10/19 por Lusa

País Lisboa

"A manutenção das esquadras da PSP nos diferentes bairros e zonas da cidade, em prol de um policiamento de proximidade e da segurança dos cidadãos, é fundamental. O que se exige não é diminuir o número de esquadras, mas reabrir esquadras encerradas e essenciais a determinados territórios, bem como reforçar meios humanos, condições de trabalho e as remunerações dos efetivos policiais", lê-se no texto da moção hoje aprovada em reunião privada do executivo camarário, a que a Lusa teve acesso.

Na moção, que será remetida ao ministro da Administração Interna e ao Comando Metropolitano da PSP, exige-se que seja realizado "o investimento necessário para a existência de meios e instalações adequadas para a prossecução das missões dos agentes da PSP na cidade no quadro de um modelo de policiamento de proximidade".

Além disso, o executivo municipal, liderado pelo PS, exige que as obras na esquadra de Carnide, encerrada na semana passada por ordem da delegada de saúde devido a problemas de saneamento e saúde pública, "se façam com a maior rapidez" e que os agentes ali colocados continuem a desenvolver "o mesmo trabalho de proximidade na freguesia".

A Câmara de Lisboa solicita ainda informações sobre a data prevista para a reabertura desta esquadra.

A moção tinha ainda um ponto que deliberava manifestar junto do Ministério da Administração Interna "a sua frontal discordância com a política de encerramento de esquadras na cidade de Lisboa", mas essa alínea foi chumbada com os votos contra do PS e a abstenção de PSD, CDS-PP e BE.

No texto é recordado que nos últimos anos tem havido a intenção dos governos de encerrar várias esquadras na cidade de Lisboa, tendo em 2014 o executivo PSD/CDS-PP anunciado o encerramento de 14.

Posteriormente, é referido, o governo liderado pelo PS anunciou em 2016 pretender encerrar 11 esquadras da PSP, retomando um processo que o anterior executivo "tinha sido forçado a suspender, face à mobilização da população, nomeadamente através da promoção de abaixo-assinados".

"Se os planos de encerramento em curso não foram ainda totalmente concretizados, o que se verifica é que têm encerrado esquadras em Lisboa, não obstante o protesto e mobilização da população, com enormes prejuízos para estas, como é o caso da 5.ª Esquadra da Rua da Boavista e a 31 Esquadra da Praça de Espanha", lê-se na moção, em que é também feita referência ao facto de, na semana passada, ter sido noticiada a possibilidade de encerramento ou mudança de funcionalidade da 2.ª esquadra da PSP na Baixa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório