Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Acusado homem que esfaqueou médico nas urgências de Peniche

O Ministério Público (MP) acusou um homem pelo crime de ofensa à integridade física qualificada por esfaquear um médico, em fevereiro deste ano, dentro da urgência de Peniche do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), foi hoje anunciado.

Acusado homem que esfaqueou médico nas urgências de Peniche
Notícias ao Minuto

10:57 - 22/10/19 por Lusa com Notícias ao Minuto

País Crime

O crime foi agravado pelo facto de o arguido, de 64 anos, ter usado uma arma branca, refere a página da comarca de Leiria da Procuradoria-Geral da República.

Segundo o MP, em 25 de fevereiro de 2019, o homem "empunhou uma faca de mato, espetando-a, por duas vezes, na coxa direita de um médico que ali se encontrava, no exercício das suas funções, desferindo-lhe ainda um golpe com o cabo da faca no rosto".

O homem acabou por ser detido pela PSP ainda nas instalações hospitalares e ficou a aguardar julgamento em liberdade, mas proibido de contactar com a vítima.

Na sequência de exame pericial realizado, o arguido foi considerado "inimputável perigoso", por sofrer, à data dos factos, de uma anomalia psíquica que o impedia de avaliar a ilicitude da sua conduta.

A Ordem dos Médicos lamentou na ocasião a agressão, considerando que "este caso é o espelho da grave situação de insegurança que se vive no SNS [Serviço Nacional de Saúde] e de um clima de conflitualidade institucional que, infelizmente, é alimentado pela própria tutela e que não dignifica nem beneficia ninguém".

O Sindicato dos Médicos da Zona Sul manifestou solidariedade para com o cirurgião, referindo que "a violência e a intimidação sobre médicos e outros profissionais de saúde no exercício da profissão são inadmissíveis" e que "as administrações devem ser responsabilizadas pela segurança dos profissionais nos locais de trabalho".

O arguido tinha-se deslocado à urgência de Peniche, no distrito de Leria, para ter uma consulta, mas o crime não ocorreu aquando dessa consulta, explicou na ocasião a presidente do CHO, Elsa Banza.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Torres Vedras, Caldas da Rainha e de Peniche e detém uma área de influência constituída pelas populações daqueles três concelhos, Óbidos, Bombarral, Cadaval e Lourinhã, e de parte dos concelhos de Alcobaça (freguesias de Alfeizerão, Benedita e São Martinho do Porto) e de Mafra (com exceção das freguesias de Malveira, Milharado, Santo Estêvão das Galés e Venda do Pinheiro).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório