Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Governo condena ataque terrorista na Somália. Um português ficou ferido

O Governo português condenou hoje o ataque terrorista de domingo contra o complexo das Nações Unidas, na Somália, no qual sete pessoas ficaram feridas, entre as quais um português.

Governo condena ataque terrorista na Somália. Um português ficou ferido
Notícias ao Minuto

14:18 - 14/10/19 por Lusa

País Somália

Reivindicado pelo grupo terrorista Al-Shabab, o ataque terrorista aconteceu a meio do dia de domingo, quando vários morteiros foram lançados contra a zona aeroportuária de Mogadíscio, que inclui uma base da força da União Africana na Somália (AMISON) e os escritórios das Nações Unidas.

Em comunicado, o Governo português condena "de forma veemente" este ataque e manifesta "a sua total solidariedade com as Nações Unidas, a União Africana e o Governo Federal da Somália e endereça a todos os feridos os desejos de uma rápida recuperação".

Em relação ao português ferido, que faz parte dos quadros das Nações Unidas, o Ministério dos Negócios Estrangeiros informou que a representação diplomática portuguesa em Nairóbi está a acompanhar a sua situação clínica, "garantindo o apoio necessário".

"O Governo português reitera ainda o seu empenho, designadamente no quadro multilateral, no combate ao terrorismo e ao extremismo", lê-se no comunicado.

Após o ataque, o representante especial da ONU na Somália, James Swan, condenou a investida, mostrando-se "consternado com este ato flagrante de terrorismo contra o pessoal que trabalha com o povo somali na área humanitária, a promoção da paz e o desenvolvimento".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório