Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Edição

PJ desmantela gangue transnacional. Advogada e empresário francês detidos

A operação policial envolveu cerca de 50 elementos, incluindo a participação de magistrados judiciais e do Ministério Público.

PJ desmantela gangue transnacional. Advogada e empresário francês detidos

A Polícia Judiciária desmantelou uma rede “transnacional” que atuava em Portugal e que cujos elementos são agora suspeitos dos crimes de branqueamento, burla informática, burla qualificada e associação criminosa”.

A operação policial foi desencadeada nos concelhos de Porto, Vila do Conde, Vizela e Lisboa. Na sequência das oito buscas realizadas – domiciliárias e não domiciliárias - foram detidas três pessoas: dois empresários do sexo masculino (um deles de nacionalidade francesa) e uma advogada, com idades entre os 40 e os 50 anos.

De acordo com a Polícia Judiciária, esta “organização criminosa de caráter transnacional utilizou um conjunto de contas bancárias nacionais, criadas para o efeito e tituladas por sociedades igualmente constituídas com esse fito, que serviram de veículo para branqueamento de importâncias resultantes da prática de ilícitos contra o património cometidos em território europeu, nomeadamente na França e Reino Unido”.

As referidas sociedades eram criadas por “homens de palha” que eram recrutados no estrangeiro e vinham a Portugal apenas com esse propósito e o de abrir contas bancárias.

Esta atividade, revela a PJ em comunicado, realizou “movimentos bancários no montante de 1,7 milhões de euros, havendo, contudo, a convicção da existência de montantes substancialmente superiores”.

Os três suspeitos vão ser presentes a tribunal para aplicação das respetivas medidas de coação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório