Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Azeredo Lopes acusa MP de o ter ameaçado durante interrogatório

Procuradores terão exigido que ex-ministro da Defesa entregasse o telemóvel pessoal.

Azeredo Lopes acusa MP de o ter ameaçado durante interrogatório

O ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes acusou o Ministério Público (MP) de o ter ameaçado durante o interrogatório para que entregasse o telemóvel pessoal, avança a SIC Notícias.

No processo de Tancos, a que o canal de Paço de Arcos diz ter tido acesso, os procuradores do MP garantem que apenas cumpriram a lei, uma vez que o ex-governante se recusava a entregar o aparelho.

No telemóvel foram encontradas alegadas mensagens comprometedoras entre Azeredo Lopes e o deputado do PS Tiago Barbosa Ribeiro.

O impasse entre o ex-ministro e o MP aconteceu perante o juiz, no fim do interrogatório, a 4 de julho.

A magistrada insistiu na entrega voluntária do telemóvel, pois já o tinha visto nas mãos de Azeredo Lopes, mas o ex-ministro recusou entregar o aparelho durante mais de oito minutos.

“Há uma coisa que me incomoda muito, é a minha vida privada e a minha vida íntima que vai ficar exposta. Eu disponibilizo o telemóvel do Ministério se o tiver”, terá dito.

O MP acabou por apreender o aparelho. Duas semanas depois, a defesa de Azeredo Lopes diz que foi feita uma ameaça. Garante ainda que o arguido não recusou a entrega e afiança que Azeredo Lopes colocou de imediato o telemóvel na secretária dos procuradores depois de ter sido aconselhado a fazê-lo pelo advogado.

Os procuradores, por seu turno, rejeitam ter feito uma ameaça ao antigo ministro, assegurando que apenas cumpriram a lei e acrescentando que não foi preciso recorrer ao uso da força.

No telemóvel apreendido o MP encontrou as mensagens trocadas com o deputado do PS e que alegadamente sustentam, em parte, a acusação ao ex-ministro

Recorde-se que Azeredo Lopes está acusado de quatro crimes: denegação de justiça, prevaricação, favorecimento pessoal e abuso de poder.

Leia Também: Tancos: Azeredo Lopes diz que "acusação é política" e vai pedir instrução

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório