Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

GNR elabora autos de contraordenação por acampamento ilegal em Grândola

A GNR elaborou 29 autos de contraordenação por acampamentos ocasionais ilegais, na lagoa de Melides, no concelho de Grândola, distrito de Setúbal, informou hoje aquela força de segurança.

GNR elabora autos de contraordenação por acampamento ilegal em Grândola

Em comunicado, o Comando Territorial de Setúbal da GNR revela que os autos foram aplicados durante uma operação de fiscalização a um acampamento ocasional, realizada na segunda-feira na área protegida da lagoa de Melides.

O Comandante do Destacamento Territorial de Grândola, Miguel Mendes, adiantou hoje à agência Lusa que foram fiscalizados 29 acampamentos ocasionais, ocupados por 65 pessoas de várias nacionalidades "que foram notificadas na hora para saírem do local".

"Já é uma prática reiterada dos estrangeiros e de alguns portugueses em acampar na zona mais resguardada da lagoa de Melides que permanecem, em alguns casos, durante meses em veículos adaptados, caravanas e tendas", explicou.

Segundo o responsável, os acampamentos "são ilegais porque necessitam de um licenciamento da Câmara Municipal de Grândola" e alguns dos terrenos, "sendo privados, precisam de autorização do proprietário".

De acordo com a GNR, a presença contínua de acampamentos põe em causa a fauna e flora daquela área protegida, devido ao tempo de permanência nos locais e ao lixo causado pelos utilizadores, sendo a infração punível com um coima até 200 euros.

A operação mobilizou 10 militares do Destacamento de Intervenção de Setúbal e sete elementos do Núcleo de Proteção Ambiental de Grândola e do Posto Territorial de Grândola.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório