Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Aliança defende na Madeira criação de uma única inspeção regional

A candidatura do Aliança às eleições legislativas da Madeira defendeu hoje a criação de uma única inspeção regional, para agregar as entidades dependentes das diferentes secretarias, propondo que os seus dirigentes sejam eleitos pela assembleia legislativa.

Aliança defende na Madeira criação de uma única inspeção regional
Notícias ao Minuto

19:52 - 11/09/19 por Lusa

País Madeira

Em comunicado sobre os contactos realizados hoje com a população dos concelhos de Machico e do Funchal, no âmbito das eleições regionais de 22 de setembro, o partido considera que a criação da Inspeção Regional da Madeira, congregando todas as inspeções existentes no arquipélago e dirigida por elementos eleitos pela assembleia legislativa, permitiria evitar "a manipulação dos serviços pelos dirigentes contra os trabalhadores desalinhados ou adversários políticos".

Na mesma nota, o cabeça de lista, Joaquim José Sousa, defende a criação de um Programa Regional de Combate ao Assédio Moral, considerado, segundo afirma, pela Organização Internacional do Trabalho, a par do stress, do 'burnout' e do alcoolismo, "como um dos riscos emergentes para a saúde e segurança dos trabalhadores".

"Também as mordomias dos dirigentes políticos e da função pública foram abordadas, assim como o combate à corrupção e ao assédio moral", relata o partido.

Para o Aliança, é necessário ainda reduzir os benefícios pessoais colocados ao serviço dos titulares de cargos públicos, bem como a contratação de dirigentes públicos qualificados e profissionais, "de modo transparente".

No comunicado, Joaquim José Sousa acusa os partidos do sistema de não terem programas claros e objetivos, e desafia os seus líderes para debaterem questões como a demografia, o ambiente, o crescimento económico e a mobilidade.

Nascido em Évora, em novembro de 1973, o candidato cresceu e viveu em Lisboa, tendo estudado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde se licenciou em Geografia, Estudos Europeus e Gestão e Administração Escolar.

Na Madeira, foi durante nove anos professor e presidente do conselho executivo da escola do Curral das Freiras, na zona rural do concelho de Câmara de Lobos, que estava no fim da tabela e acabou por ser considerada uma das melhores do país no 'ranking' de 2015, nos exames de Português e Matemática, mas divergências com a Secretaria da Educação da Madeira acabaram por o afastar.

Às eleições regionais legislativas da Madeira concorrem 16 partidos e uma coligação, que vão disputar os 47 lugares no parlamento regional.

PDR, CHEGA, PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT, PCTP/MRPP, PPD/PSD, Iniciativa Liberal, PTP, PURP, CDS-PP, CDU (PCP/PEV), JPP e RIR são as 17 candidaturas validadas para estas eleições.

Nas regionais de 2015, os sociais-democratas seguraram a maioria absoluta - com que sempre governaram a Madeira - por um deputado, com 24 dos 47 parlamentares.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório