Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Fogos em Aveiro mobilizam mais de 700 bombeiros e cortam A1, A25 e IC2

Operacionais contam com a ajuda de mais de 200 meios terrestres e seis meios aéreos.

Fogos em Aveiro mobilizam mais de 700 bombeiros e cortam A1, A25 e IC2

O distrito de Aveiro amanheceu com a situação dos fogos ainda mais grave do que adormeceu. 

Depois de alguns focos de incêndio terem sido dados como controlados na noite de quinta-feira, durante a madrugada a situação complicou-se com três fogos a permanecerem ativos a poucos quilómetros de distância uns dos outros.

São já mais de 900 os operacionais que se encontram no terreno para combaterem as chamas, auxiliados por mais de 300 veículos terrestres e sete meios aéreos.

Os fogos obrigaram ao corte da Autoestrada do Norte (A1), A25 (Beiras Litoral e Alta), IC e Estrada Nacional 16.2.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro, estão cortadas a A1 (Albergaria - Aveiro Sul), a A25 (no nó de Angeja Carvoeiro) e Estrada Nacional 16.2 junto às localidades de Afilhó e Alquerubim.

Em declarações à agência Lusa, o comandante operacional, António Ribeiro, disse que "durante a noite foi preciso proteger algumas habitações" e que o incêndio de Albergaria-a-Velha "atravessou o perímetro urbano", com o vento forte a dificultar o combate às chamas.

O incêndio de Águeda também continua por dominar. O mesmo comandante revelou que, durante a noite, "houve habitações em risco" e que o "combate é difícil devido ao vento forte que facilita as projeções".

Aguarda-se agora que as condições atmosféricas (vento forte) e o fumo permitam que o combate seja reforçado com meios aéreos.

Já segundo com o site da Proteção Civil, às 9h21, o fogo que deflagrou na tarde quinta-feira em Veiga, no concelho de Águeda, estava a ser combatido por 246 operacionais apoiados por 76  veículos. Já o incêndio que lavra desde a manhã de ontem em Macinhata do Vouga, também em Águeda, está a ser combatido por 127 bombeiros, apoiados por 39 veículos. Em Alquerubim, concelho de Albergaria-a-Velha, as chamas estão a ser combatidas por 288 bombeiros, acompanhados por 82 meios terrestres e seis meios aéreos.

Por dominar hoje de manhã, está ainda o fogo que deflagrou às 23h36 nas freguesias de Teixeira e Teixeiró, concelho de Baião, no distrito do Porto, que estava às 7h30 a ser combatido por 125 operacionais, com o apoio de 40 veículos.

[Notícia atualizada às 9h24]

Leia Também: Fogos em Águeda e Albergaria dominados ou controlados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório