Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

PSP destrói "marcador de posição" encontrado nos mares da Calheta

A Equipa de Inativação de Engenhos Explosivos e Segurança em Subsolo do Comando Regional da Madeira da Polícia de Segurança Pública destruiu hoje "um marcador de posição no mar" encontrado a boiar na Calheta, a oeste do arquipélago.

PSP destrói "marcador de posição" encontrado nos mares da Calheta
Notícias ao Minuto

20:08 - 25/08/19 por Lusa

País Madeira

Um comunicado do Comando Regional da Madeira da Polícia Marítima revela que "hoje, pelas 13h00 horas, o responsável pelo comando de uma embarcação marítimo-turística, com 14 pessoas a bordo, comunicou ao Piquete da Polícia Marítima no Funchal ter detetado e recolhido um objeto do mar semelhante a uma "bomba, de tipo militar", com previsão de chegada à Marina da Calheta pelas 14h00, tendo sido dadas instruções para que não tocassem mais no objeto".

Após partilha via e-mail, o objeto foi identificado como sendo "um marcador de posição no mar, cujo componente ativo é um derivado do fósforo, que reage com a água e com a atmosfera, entrando em combustão e produzindo fumo".

A Autoridade Marítima projetou para o local uma equipa da Polícia Marítima, tendo sido solicitado também o apoio à Esquadra da Calheta da PSP.

Evacuado os passageiros e tripulantes, "o objeto foi movimentado para junto do ponto de recolha de lixo no interior da área de atracação, o que obrigou à evacuação de todas as pessoas que se encontravam num restaurante dentro do perímetro de segurança com um raio de 150 metros, estabelecido em função das especificidades da matéria perigosa, com o apoio adicional da BIR/PSP, e que contou com a pronta cooperação de todos".

"O marcador fumígeno em causa foi removido em segurança e destruído pela Equipa de Inativação de Engenhos Explosivos e Segurança em Subsolo da Unidade de Apoio Policial do Comando Regional da Madeira da Polícia de Segurança Pública, num dispositivo que contou com o empenhamento dos Bombeiros Voluntários da Calheta e a colaboração da administração da Marina", acrescenta o comunicado.

A normalidade foi reposta pelas 16h00 horas e a Polícia Marítima tomou conta da ocorrência.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório