Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

Amor de Zé e Queta foi à primeira vista e vestem-se de igual há 36 anos

Casal português tem mais de 100 peças de roupa iguais.

Notícias ao Minuto

08:45 - 19/08/19 por Natacha Nunes Costa 

País Amor à primeira vista

José e Henriqueta são o casal sensação do bairro lisboeta onde vivem. Estão casados há “36 anos, dois meses e cinco dias” e são tão felizes hoje quanto no dia em que se uniram pelo matrimónio, 11 meses depois de se conhecerem na ilha da Madeira.

Une-os o amor, carinho, a amizade, os olhares cúmplices e o humor. Tanto que, desde que se casaram... vestem-se de igual.

O Notícias ao Minuto esteve à conversa com o divertido casal para saber como surgiu esta ideia. Mas antes, José conta como começou esta história de “amor à primeira vista”.

“A nossa história de amor nasceu de uma viagem de férias que fizemos individualmente para o Funchal. Na altura, encontrava-me em fase de divórcio do meu primeiro casamento. Quando nos vimos pela primeira vez, numa excursão ao pico do Areeiro, ofereci-lhe [à Henriqueta] o lugar junto à janela para ela poder ver melhor a paisagem. A partir daí fizemos todos os percursos turísticos à ilha juntos e nasceu o chamado ‘Amor à primeira vista’. Quando cheguei a Lisboa, prometi-lhe que se não me reconciliasse com a minha ex-mulher, estaria, no outro dia, à sua espera à porta do emprego. E foi isso que aconteceu. Passados 11 meses casámo-nos e somos muito felizes”, conta emocionado o alfacinha.

Já casados, começaram a vestir-se de igual depois de uma “irmã norte-americana” de José oferecer ao casal dois corta-vento vermelhos.

“Fui bolseiro nos EUA em 1967/1968 e fiquei alojado em casa de uma família americana durante esse ano. Sou filho único mas, nessa altura, passei a ter dois irmãos norte-americanos. Quando a minha irmã americana nos veio visitar a Portugal trouxe-me um corta-vento vermelho e, nessa altura, a minha mulher demonstrou-lhe interesse em ter um igual. A minha irmã cumpriu esse desejo, e, a partir desse momento, começámos a vestir-nos sempre de igual durante os fins de semana e feriados, ou quando estávamos de férias. Durante os dias de trabalho é evidente que vestimos dentro do tom”, esclarece.

Hoje, Zé e Queta, como todos os conhecem, têm 49 pares de t-shirts, 15 pares de pólos, 19 pares de sweatshirts, seis pares de sweaters, quatro pares de pullovers, quatro pares de calças, quatro pares de calções e cinco pares de sapatos... iguais.

A maioria, conta José, é adquirida em promoção, “porque de outro modo era incomportável” ter tudo o que têm a nível de vestuário.

Amigos e família descrevem o casal como “almas gémeas” ou “os manos” e já se habituaram ao estilo tão original do casal. “Se não nos vestimos de igual, já acham que estamos zangados”, brinca Zé.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório