Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Está de férias? Prepare-se, chuva e nevoeiro estão de volta

Quase todo o país está hoje em risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), sendo as regiões do litoral norte e a autónoma dos Açores, aquelas onde o risco é mais baixo. Esta terça-feira é também dia de a chuva regressar.

Está de férias? Prepare-se, chuva e nevoeiro estão de volta

Em pleno agosto, o verão continua tímido. Para hoje o IPMA prevê em Portugal continental um aumento de nebulosidade, com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura mínima.

Quanto ao risco de exposição à radiação UV, de acordo com dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os distritos de Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Setúbal, Portalegre, Lisboa, Évora, Beja e Faro são os que apresentam os índices mais elevados do território continental: 9, numa escala de 1 a 11, em que este é considerado "risco extremo".

Ainda em risco muito elevado, embora de nível 8, estão as regiões de Leiria, Coimbra e Vila Real, seguidas por Aveiro, Porto e Braga, com risco elevado, e Viana do Castelo, com risco moderado.

Relativamente às ilhas, o arquipélago da Madeira está hoje com risco muito elevado de exposição à radiação UV, o mesmo sucedendo com a Ilha Terceira, nos Açores, embroa as restantes ilhas oscilem entre risco elevado e moderado.

O índice ultravioleta varia entre 1 e 2, em que o risco de exposição à radiação UV é baixo, 3 a 5 (moderado), 6 a 7 (elevado), 8 a 10 (muito elevado) e superior a 11 (extremo).

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o IPMA recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13h00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Açores e Madeira sob avisos laranja e amarelo devido a chuva e calor

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu um aviso laranja para os Açores devido à previsão de precipitação por vezes forte, acompanhada de trovoada, e um aviso amarelo para a Madeira devido ao tempo quente.

O aviso laranja, dirigido às ilhas dos grupos central e ocidental dos Açores, vigora até às 12h00 de hoje (hora local, menos uma que no continente) e abarca as ilhas do Corvo e Flores, no grupo ocidental, e Faial, Pico, São Jorge, Terceira e Graciosa, no grupo central do arquipélago.

Para o grupo oriental dos Açores, formado por São Miguel e Santa Maria, é também esperada até às 18:00 chuva por vezes forte, acompanhada de trovoada, mas o aviso emitido é o amarelo.

Quanto às ilhas da Madeira e Porto Santo, encontram-se sob aviso amarelo, desde a madrugada de hoje até às 21h00 de quarta-feira, devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado, enquanto o aviso amarelo, o terceiro da mesma escala, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório