Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 24º

Edição

Detido suspeito de atear incêndio em Castelo Branco

Rápida intervenção dos bombeiros de Castelo Branco evitou que o incêndio tivesse uma dimensão mais grave.

Detido suspeito de atear incêndio em Castelo Branco

A Polícia Judiciária, em colaboração com a GNR, deteve um homem suspeito de atear um incêndio em Castelo Branco, o distrito que está a ser mais afetado por incêndios este fim-de-semana. Num comunicado enviado às redações, a PJ revela que o homem de 55 anos foi detido pela presumível prática de um crime de incêndio florestal na madrugada deste sábado. 

"O suspeito, usando chama direta, colocou um foco de incêndio em zona florestal povoada com pinheiros e mato, dentro de uma vasta mancha florestal, que teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros de Castelo Branco", pode ler-se no comunicado. 

O homem vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para ficar a conhecer as medidas de coação que lhe serão aplicadas. 

De referir que na manhã deste domingo, Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, já tinha admitido "estranheza" relativamente à origem dos cinco incêndios que tiveram início na tarde deste sábado em Castelo Branco e que começaram quase em simultâneo.

[Notícia atualizada às 13h45]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório