Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

"Violência não é amor", relembra GNR

Militares pedem a todos os cidadãos que denunciem qualquer caso de violência que tenham conhecimento.

"Violência não é amor", relembra GNR

Quase todos os dias, as autoridades portuguesas sinalizam suspeitos e vítimas de violência doméstica, um pouco por todo o país.

Apesar de haver cada vez mais sensibilidade para o tema, a violência doméstica continua a ser um flagelo em Portugal. Por essa razão, nunca é demais relembrar que este é um crime público e que qualquer pessoa pode denunciar o mesmo. Além disso, há vários tipos de violência doméstica.

Foi a pensar nisso, que a GNR partilhou, ao final da tarde desta quarta-feira, uma publicação na página oficial de Facebook sobre esta temática.

Na imagem, onde aparece um malmequer, flor conhecida pelo jogo ‘bem me quer, mal me quer”, os militares recordam que “violência não é amor”.

Já na legenda da imagem, esta força de segurança esclarece que há vários tipos de violência doméstica. “Não é só física ou sexual. A violência psicológica, financeira, a negligência, o abandono são outras formas de violência”, lê-se.

A GNR pede ainda a quem tenha conhecimento de uma situação destas, que não seja “conivente” e denuncie o caso às autoridades.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório