Meteorologia

  • 26 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Sernancelhe: Antigo convento classificado monumento de interesse público

O antigo Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Freixinho, concelho de Sernancelhe, distrito de Viseu, foi classificado como monumento de interesse público, de acordo com uma portaria publicada hoje em Diário da República.

Sernancelhe: Antigo convento classificado monumento de interesse público
Notícias ao Minuto

12:18 - 16/07/19 por Lusa

Cultura Viseu

A portaria, assinada pela secretária de Estado da Cultura, Ângela Carvalho Ferreira, refere que, "apesar das alterações arquitetónicas introduzidas no século XX, de forma a adaptar o edifício para uso habitacional e turístico, conservam-se ainda as estruturas originais dos diversos corpos, incluindo o claustro do recolhimento, de planta quadrada e colunas graníticas, e a igreja e torre anexa".

Segundo o documento, a classificação do antigo Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Freixinho, União das Freguesias de Penso e Freixinho, no concelho de Sernancelhe, "reflete os critérios constantes do artigo 17.º da Lei n.º 107/2001, de 8 de setembro, relativos ao caráter matricial do bem, ao seu interesse como testemunho simbólico e religioso, ao seu interesse como testemunho notável de vivências e factos históricos, ao seu valor estético, técnico e material intrínseco, à sua conceção arquitetónica e urbanística, e à sua extensão e ao que nela se reflete do ponto de vista da memória coletiva".

Ainda de acordo com a portaria, o imóvel, "de instituição seiscentista, configurava na sua génese um recolhimento destinado à educação de raparigas nobres de parcos recursos, inicialmente referido como Convento de Santa Teresinha do Menino Jesus".

Foi também fixada uma zona especial de proteção (ZEP), que tem em consideração "a integração do imóvel no enquadramento urbano rural envolvente, onde se conservam diversos exemplares de arquitetura vernácula, que, juntamente com as estruturas conventuais, constituem um testemunho material e simbólico de reconhecida autenticidade e unidade conceptual".

"A sua fixação visa assim salvaguardar o antigo Convento no contexto original, garantindo as perspetivas de contemplação existentes", lê-se.

É ainda referido que, no âmbito da instrução do procedimento de fixação da ZEP, a Direção-Geral do Património Cultural, em articulação com a Direção Regional de Cultura do Norte e com a Câmara Municipal de Sernancelhe, "procedeu ao estudo das restrições consideradas adequadas, que obtiveram parecer favorável do Conselho Nacional de Cultura e foram sujeitas a audiência dos interessados nos termos do Código do Procedimento Administrativo".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório