Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Exame de professores vai atrasar notas de alunos

A marcação da prova de avaliação de conhecimentos aplicada a professores para o dia 18 de Dezembro vai condicionar o lançamento das notas do primeiro período, revela o Diário de Notícias. Alguns professores, com reuniões agendadas para esse dia, ponderam ter que abdicar do exame.

Exame de professores vai atrasar notas de alunos

O Ministério da Educação e da Ciência justifica a data escolhida com um pedido feito por parte dos sindicatos, que pediram para que a prova não fosse marcada para um dia de actividades lectivas, contudo, coincide com o primeiro dia de reuniões de avaliações do primeiro período.

Deste modo, a marcação para dia 18 de Dezembro colocou os professores perante um dilema, já que a prova de avaliação de conhecimentos aplicada a professores é obrigatória, mas a presença em reuniões de avaliação também.

Ao Diário de Notícias, o secretário-geral da Federação Nacional da Educação (FNE) admite que ainda não sabe “como é que o ministério vai resolver esse problema porque as reuniões não podem ser feitas sem estes professores”.

A prova terá duração de 120 minutos, mas a sua realização na data agendada irá implicar o adiamento do lançamento das notas do primeiro período, já que grande parte dos professores não poderá marcar presença nas reuniões.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório