Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 25º

Edição

Morreu antigo presidente da Câmara de São João da Madeira

O antigo presidente da Câmara de São João da Madeira Manuel Almeida Cambra, entre 1984 e 2001, pelo CDS-PP, morreu hoje aos 89 anos, revelou fonte da estrutura local do partido.

Morreu antigo presidente da Câmara de São João da Madeira
Notícias ao Minuto

12:53 - 24/06/19 por Lusa

País Óbito

"Era um homem de convicções fortes, que fazia tudo pela sua terra e a colocava acima de qualquer interesse partidário", declara Manuel Correia, que foi vice-presidente e vereador do CDS em diferentes mandatos de Manuel Cambra.

"Ele modernizou muito São João da Madeira e levou a cidade para um patamar muito diferente - tanto que, no essencial, ela se mantém a mesma até hoje e continua a ter o perfil traçado por Manuel Cambra", realça, em declarações à Lusa.

Enquanto autarca, foi o responsável por obras como o Fórum Municipal, o Centro Coordenador de Transportes e o agora designado Complexo Desportivo Paulo Pinto. Criou também a zona pedonal do centro da cidade e definiu a disposição viária que valeu ao município o título de concelho português com maior concentração de rotundas por quilómetro quadrado.

O 'site' oficial do município do distrito de Aveiro agora liderado pelo PS refere ainda a influência de Manuel Cambra ao nível da Educação, indicando que a sua "política positiva de cooperação com o Ministério da Educação" resultou em diversas intervenções nas escolas locais, nomeadamente "na ampliação das oficinas da Escola Secundária Serafim Leite e na construção dos polidesportivos das outras duas escolas secundárias" então existentes no concelho.

"Desenvolveu ainda esforços para a instalação do Centro de Arte de São João da Madeira e para a ampliação e remodelação da Biblioteca Municipal Renato Araújo", informa a página da autarquia.

Essa descrição biográfica acrescenta ainda: "Empreendedor, mas polémico, prático, mas exigente, popular, mas ambicioso, Manuel Cambra ergue-se no meio sanjoanense como homem forte e intransigente nos ideais políticos que o norteiam".

Apontado como um dos "dinossáurios" da administração autárquica em Portugal, pela sua longevidade no cargo de presidente da Câmara antes de a lei impor limites à renovação sucessiva de mandatos, Manuel Cambra também assumiu diferentes cargos na estrutura nacional do CDS-PP, tendo sido eleito pelo círculo de Aveiro como deputado da Assembleia da República nos VI e IX Governos constitucionais.

Nascido a 8 de julho de 1929, era decorador e empresário da construção civil, mas afastou-se da vida pública já há alguns anos porque, de acordo com fonte local do CDS, estava diagnosticado com doença de Alzheimer.

Faleceu esta madrugada e o seu corpo está a ser velado na Capela Mortuária da Igreja Matriz de São João da Madeira, onde o respetivo funeral se realiza na terça-feira às 16:00, após o que o corpo será sepultado no Cemitério N.º 2.

A Câmara de São João da Madeira decretou, entretanto, terça e quarta-feira como dias de luto municipal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório