Meteorologia

  • 24 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Cartão de Cidadão: Em quatro dias, há 1.400 pedidos online de renovação

O secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa revelou o número dos pedidos de renovação do cartão de cidadão efetuados online desde a passada quinta-feira, dia em que a funcionalidade entrou em vigor.

Cartão de Cidadão: Em quatro dias, há 1.400 pedidos online de renovação
Notícias ao Minuto

11:30 - 24/06/19 por Sara Gouveia 

País Cartão de Cidadão

Desde a semana passada que passou a ser possível renovar o Cartão de Cidadão através da internet e sem sair de casa. O secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa esteve na antena da SIC Notícias e fez um balanço dos pedidos efetuados desde quinta-feira - dia em que ficou disponível a funcionalidade - até hoje e revelou que já foram pedidos cerca de 1.400 Cartões de Cidadão por método online. 

"Desde quinta-feira (...) já mais de 1.150 pessoas pediram e pagaram a renovação do cartão de cidadão. Há ainda de momento 250 pedidos em espera de pagamento. Quase 1.400 pedidos que já entraram desde quinta-feira", deu conta Luís Goes Pinheiro.

"Os cidadãos com mais de 25 anos que tenham ou chave-móvel digital ou cartão de cidadão ainda ativo, que tenham guardado aqueles códigos e tenham leitor de cartão podem, no conforto da sua casa, aceder ao computador ou ao telemóvel e pedir a renovação do cartão de cidadão", relembrou o governante, esclarecendo que "a chave-móvel digital dispensa o leitor de cartões" e que "pode ser pedida num dos 585 espaços cidadão que existem no país, podendo ainda ser pedida online"(aqui), com as credenciais de acesso ao portal das Finanças. Outra das vantagens da chave-móvel, explica, é que "se o cartão estiver caducado pode usar a chave-móvel e ainda tem mais 30 dias depois da data para o fazer".

Questionado sobre o facto de não ser para todos, o secretário de Estado Adjunto, explicou a quem se dirige esta funcionalidade e porquê. "É preciso ter mais de 25 anos porque não há substituição de dados biométricos. Entenda-se, não se pode mudar a fotografia, as impressões digitais ou a altura, por exemplo. Esses dados têm de já constar do sistema".

Sobre os "fenómenos de pressão de balcão" de prestação de serviços públicos, Luís Goes Pinheiro, garantiu que em breve tudo regressará ao normal. "Estou confiante que durante este verão tudo ficará normalizado sendo certo que a resposta tem de ser dinâmica, houve um acréscimo súbito. Nos primeiros meses do ano houve mais 24% de emissões de cartões de cidadão do que houve nos quatro meses do ano anterior e portanto, tal como a vida é dinâmica, a resposta também terá de ser dinâmica. Temos de estar sempre atentos e sempre à procura de soluções. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório