Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Admissão de trabalhadores é solução para empresas de transportes públicos

A Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) e as comissões de trabalhadores das empresas públicas de transportes concluíram hoje que a resolução dos problemas passa pela admissão de mais trabalhadores.

Admissão de trabalhadores é solução para empresas de transportes públicos
Notícias ao Minuto

22:44 - 05/06/19 por Lusa

País Fectrans

"A solução central para a resolução dos problemas imediatos passa por mais trabalhadores para a manutenção e reparação de comboios e navios, mais trabalhadores para guarnecer a operação da circulação de comboios e navios e trabalhadores para guarnecer estações, bilheteiras e serviços de atendimento a utentes", refere a Fectrans em comunicado, divulgado na sua página oficial na Internet.

A Fectrans, que reuniu hoje com as comissões de trabalhadores das empresas públicas de transportes, defendeu ainda que caso exista vontade política para a admissão de mais trabalhadores, o Governo "não terá necessidade de repetir o pedido de desculpa aos portugueses".

"É preocupante o estado de degradação do serviço público de transportes, que tem como consequência um pior serviço às populações e o agravamento das condições de trabalho", frisa o documento.

No comunicado, a Fectrans salienta que a situação atual é um resultado da "falta de medidas que têm sido reclamadas pelas organizações representativas de trabalhadores junto do atual governo do PS", de modo a inverter a "linha de destruição do serviço público de transportes desencadeada no mandato do governo do PSD/CDS-PP.

"A falta de trabalhadores, o desinvestimento, a falta de medidas para responder aos problemas no imediato para a recuperação de material circulante, de modo a aumentar-se a capacidade de oferta, são as causas da degradação a que temos assistido", refere.

A Fectrans lembra ainda muito do serviço só é possível realizar com recurso a trabalho extraordinário e que a situação se vai agravar no futuro.

As organizações de trabalhadores decidiram realizar uma tribuna pública na manhã do dia 18 de junho, na estação do Cais do Sodré, em Lisboa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório