Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Sindicato condena agressão a equipa da CMTV nos festejos do Benfica

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) condenou hoje a agressão que uma equipa da CMTV foi vítima no sábado, no Funchal, por ocasião dos festejos do Benfica que naquele dia conquistou o título de campeão português de futebol.

Sindicato condena agressão a equipa da CMTV nos festejos do Benfica
Notícias ao Minuto

13:08 - 22/05/19 por Lusa

País CMTV

"No passado sábado o repórter de imagem Miguel Lira, ao serviço do canal de Televisão Correio da Manhã TV, foi agredido, a soco e a pontapé, na Avenida do Mar, durante os festejos do Benfica", refere, em comunicado, o SJ.

No decorrer da reportagem da equipa da CMTV, "um dos adeptos, que aparentava estar embriagado, começou por dizer ao repórter de imagem que não gostava da CMTV e, na sequência disso, usou palavras ofensivas acabando por dar um soco no operador de câmara, fazendo-o cair no chão".

O comunicado realça que, "na sequência da queda, a câmara de filmar, com custo estimada em 10 mil euros, ficou danificada. O agressor ainda tentou retirar o microfone ao jornalista acompanhado pelo repórter de imagem e atirá-lo para o chão, mas foi impedido por um homem que defendeu os dois profissionais da CMTV".

O SJ adianta que "o repórter do canal de televisão teve de receber tratamento hospitalar no serviço de urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça no Funchal" e que a PSP foi chamada ao local e "transportou o alegado agressor para a Esquadra onde foi identificado".

"O Sindicato dos Jornalistas (SJ) condena energicamente esta ação de violência contra jornalistas no exercício da sua atividade profissional e esta tentativa de obstrução ao exercício dos direitos de informar e ser informado consagrados na Constituição e na lei", realça.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório