Meteorologia

  • 24 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Marinha alerta para agravamento do estado do mar a partir desta madrugada

O vento que vai soprar forte, com “rajadas acima de 90 km/hora”, vai contribuir para a agitação marítima e ondulação forte a partir da noite desta quarta-feira, sobretudo no Norte de Portugal.

Marinha alerta para agravamento do estado do mar a partir desta madrugada

A Marinha e a Autoridade Marítima Nacional emitiram, esta tarde de quarta-feira, um alerta devido à previsão de um "agravamento excecional das condições de vento e agitação marítima que terá início esta madrugada, dia 25 de abril, até ao final da tarde de sexta-feira, dia 26 de abril, na região Norte de Portugal Continental".

Prevê-se que o vento forte provoque uma "ondulação proveniente dos quadrantes noroeste com altura significativa que poderá atingir os oito metros e o período médio a variar entre os 11 e os 14 segundos. O vento poderá registar velocidades superiores a 50 km/h e rajadas acima de 90 km/h", lê-se no comunicado.

Tendo em conta estas previsões, a Marinha e a Autoridade Marítima Nacional recomendam "o reforço da amarração e vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas, bem como evitar passeios junto ao mar, de onde se destacam os molhes de proteção dos portos".

Além disso, aconselham que "os marítimos mantenham um estado de vigilância permanente", bem como "o acompanhamento da evolução da situação meteorológica, dos avisos à navegação e de previsão meteorológica radiodifundidos pela Marinha relativos à previsão meteorológica do IPMA", e outras informações das Capitanias sobre as condições de acesso aos portos.

Também para à "população em geral" as autoridades deixam algumas recomendações, nomeadamente para que evitem "passeios junto à orla costeira, nas arribas e nas praias, bem como a prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima, sendo essencial que assumam uma postura preventiva não se expondo desnecessariamente ao risco". E, caso "exista absoluta necessidade de se deslocar até à orla costeira, deverá manter uma atitude vigilante".

"Desaconselha-se vivamente" ainda "a pesca lúdica, em especial junto às falésias e zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas", porque nestas condições "o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras".

Saiba aqui as previsões do tempo para os próximos dias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório