Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Autarca de Torres Vedras é acusado de alegado plágio em doutoramento

O arguido está acusado do crime de contrafação.

Autarca de Torres Vedras é acusado de alegado plágio em doutoramento

Um arguido está indiciado por, em setembro de 2015, ter apresentado na Universidade de Lisboa, com vista à obtenção do Grau Académico de Doutor, uma tese de doutoramento em que utilizava conteúdos alheios como se fossem seus. O trabalho foi apresentado publicamente, foi inclusive feita a defesa perante o júri e o doutorando foi aprovado.

A dedução da acusação de Carlos Bernardes (PS), autarca de Torres Vedras, pelo Ministério Público foi confirmada à Lusa pelo Gabinete de Comunicação do presidente da Câmara, salientando que o autarca "vai responder a título pessoal".

Porém, refere uma nota institucional publicada no site da Procuradoria Geral Distrital de Lisboa, "apurou-se que esta tese de doutoramento foi criada a partir de textos publicados ou divulgados em data anterior e de outros autores".

O autor procedeu apenas à introdução de ligeiras modificações como alterações para conformação com o novo acordo ortográfico, "substituição de palavras por sinónimos, substituição de verbos por expressões nominais, alterações de géneros gramaticais de palavras ou substituições de verbos, alteração da ordem das palavras e supressões de partes dos textos originais, que o arguido utilizou como se fossem próprios e da sua exclusiva lavra".

O arguido encontra-se sujeito à medida de coação de Termo de Identidade e Residência e o Ministério Público requereu julgamento em Tribunal Singular de um arguido pela prática de um crime de contrafação.

[Notícia atualizada às 13h43]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório