Meteorologia

  • 24 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

PSP apanha homem a fugir com ex-companheira que tinha acabado de agredir

Suspeito tinha no carro um rolo de fita adesiva, corda, um par de luvas e uma faca de cozinha.

PSP apanha homem a fugir com ex-companheira que tinha acabado de agredir

A PSP deteve, em dois dias, na cidade de Lisboa, três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 35 e os 56 anos, por os mesmos serem suspeitos da prática do crime de violência.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, as autoridades contam que a primeira detenção ocorreu no dia 31 de março, pelas 18h30, na zona de Benfica. Uma mulher denunciou o ex-companheiro pelo crime de extorsão. Nessa altura, os agentes conseguiram apurar que além de ter extorquido várias quantias monetárias desde o início da relação amorosa, o suspeito, de 35 anos, tinha agredido e ameaçado de morte a vítima. No dia 28 de março, chegou mesmo a ameaçá-la com recurso a uma arma branca, segundo uma testemunha. No domingo, a PSP conseguiu localizar o homem, que ainda tentou fugir do local, mas acabou detido.

Ao ser presente a tribunal, para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações trissemanais, pulseira eletrónica, proibição de contacto com a vítima.

No mesmo dia, mas já no Parque das Nações, a PSP deteve uma mulher, de 52 anos, depois de esta ter agredido o marido, após uma discussão entre ambos. Ao ser presente a tribunal, para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

Ainda no dia 31 de março, as autoridades detiveram, na Venteira, um homem de 57 anos por este, durante uma discussão com a companheira ter-lhe desferido uma bastonada e a ter tentado sufocar.

Quando os agentes chegaram ao local, o suspeito não quis identificar-se e dificultou a identificação da namorada. No momento em que a vítima se deslocava para o exterior da residência para continuar a prestar declarações à PSP, o agressor agarrou-lhe no braço e empurrou-a de forma violenta.

Conta a PSP, que o mesmo suspeito injuriou os agentes, enquanto a vítima “com medo de represálias, rogou para que o desculpassem por o mesmo estar só nervoso”.

O detido foi presente a tribunal para primeiro Interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

Já no dia 1 de abril, pelas 17hh00, a PSP deteve um homem, que tentava fugir com a ex-companheira de carro, depois de a ter agredido à bofetada.

A mulher teve de receber tratamento numa unidade hospitalar. O suspeito foi apanhado com um rolo de fita adesiva, um rolo de corda, um par de luvas e uma faca de cozinha.

Apesar de o homem ter garantido que os objetos eram usados no seu trabalho, a PSP decidiu detê-lo.

Ao ser presente a tribunal, para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações trissemanais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório