Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Loja fecha sem aviso e deixa noivas sem vestidos a semanas dos casamentos

Cerca de 50 mulheres foram lesadas. Algumas conseguiram reaver o dinheiro, outras aceitaram os vestidos sem arranjos.

Loja fecha sem aviso e deixa noivas sem vestidos a semanas dos casamentos
Notícias ao Minuto

21:23 - 12/03/19 por Natacha Nunes Costa 

País Vila Nova de Gaia

Cerca de 50 noivas do norte do país viram o sonho do vestido perfeito virar pesadelo quando a loja onde encomendaram a indumentária para o grande dia, a Speciale, de Canidelo, em Vila Nova de Gaia, fechou sem aviso. Algumas ficaram sem vestido a apenas algumas semanas do casamento.

O alerta foi lançado no Facebook por Patrick Santos, noivo de uma das lesadas. As centenas de partilhas da publicação, onde o jovem alertava para a burla fez com que cerca de 50 casais se dirigissem, na noite de segunda-feira, à loja e a um armazém no Canidelo, onde os proprietários tinham alguns dos vestidos guardados.

“Alguns dos clientes optaram por levar os vestidos, mesmo sem arranjos. Outros, pediram o dinheiro de volta por quebra de confiança”, revela Patrick Santos ao Notícias ao Minuto.

O noivo conta ainda que o número de casais lesados pela Speciale tem vindo a subir porque muitos só tiveram conhecimento do encerramento da loja esta terça-feira.

Apesar do proprietário da loja, Bruno Gaiteiro, ter-se comprometido, na noite de segunda-feira,  a “resolver a bem” todas as situações, apelando mesmo aos lesados para comparecerem no armazém, situado na Rua Vale do Mendo, 210, em Canidelo, Patrick afirma que, já no dia de hoje, várias noivas tiveram problemas em reaver o valor pago como sinal à loja.

“Ontem [segunda-feira] devolveram o dinheiro e alguns vestidos que estavam em armazém, mas nenhum tinha os arranjos feitos. Hoje [terça-feira] também já devolveram alguns mas, neste momento, já alegam que não têm liquidez e que os fornecedores vão entrar em contacto com os noivos, até ao fim da semana, para os vestidos encomendados serem enviados para as pessoas, mediante o pagamento do restante valor em falta”, evidencia Patrick.

A pouco mais de um mês para o casamento, a noiva de Patrick ficou sem vestido. O mesmo nem estava em Portugal, por isso o casal optou pela devolução do dinheiro e a jovem já conseguiu arranjar uma alternativa. Acabou por correr tudo bem e Patrick diz que da sua parte "o assunto ficou encerrado com a devolução do valor pago do sinal".

Resta agora saber se os cerca de 50 casais afetados pelo encerramento desta loja vão conseguir recuperar o seu dinheiro e arranjar uma alternativa.

O Notícias ao Minuto tentou contactar os proprietários da loja de noivas Speciale, mas sem sucesso. O telefone esteve sempre indisponível.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório