Meteorologia

  • 23 MARçO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Meio século se passou do grande sismo de 69. Lembra-se de como foi?

Assinala-se esta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, 50 anos do grande sismo que abalou Portugal. Tem memória desse dia? Partilhe.

Meio século se passou do grande sismo de 69. Lembra-se de como foi?
Notícias ao Minuto

20:16 - 28/02/19 por Melissa Lopes 

País IPMA

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o Instituto Superior Técnico (IST) e o laboratório associado ao Instituto Dom Luiz lançaram um inquérito macrossísmico nacional por ocasião da passagem do meio século do grande sismo de 1969. 

Tratou-se do sismo de maior magnitude sentido na Europa desde o grande terramoto de Lisboa de 1755. Ocorreu na madrugada de 28 de fevereiro de 1969 tendo gerado alarme e pânico entre a população, cortes nas telecomunicações e no fornecimento de energia elétrica, recorda o IPMA. 

Para além do continente português, o abalo foi sentido na Madeira, Espanha, Marrocos e França, com registo de vítimas mortais em Portugal e Marrocos, tendo ainda sido gerado um pequeno tsunami registado instrumentalmente.

O IPMA refere que este sismo ocorreu numa época em que a instrumentação sísmica não estava ainda suficientemente desenvolvida, sendo por isso fundamental complementar os poucos registos instrumentais de então com os testemunhos da população afetada.

Os tempos agora são outros, permitindo as tecnologias de comunicação uma recolha de dados muito mais alargada do que a que foi possível naquele tempo. Nesse sentido, o IPMA disponibiliza um inquérito online que visa recolher informação e testemunhos sobre o dia 28 de fevereiro de 1969. 

"Não haverá no futuro outra ocasião com este significado e com real possibilidade de se salvaguardar esta memória", realça este instituto. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório