Meteorologia

  • 23 MARçO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Falso médico acusado do crime de usurpação de funções

Um cidadão estrangeiro foi acusado pelo Ministério Público (MP) do crime de usurpação de funções, por fazer-se passar por médico e praticar atos médicos apesar de não ter concluído a licenciatura em Medicina, informou hoje o MP.

Falso médico acusado do crime de usurpação de funções
Notícias ao Minuto

18:14 - 22/02/19 por Lusa

País Ministério Público

Segundo adianta a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), durante o inquérito, dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa/Sede, ficou "suficientemente indiciado que, em 2012, o arguido decidiu fazer-se passar por médico e praticar atos médicos, embora não tivesse concluído a licenciatura em medicina e de não estar inscrito na Ordem dos Médicos".

De acordo com a acusação, entre março de 2013 e julho de 2014, o falso médico logrou desempenhar funções de ajudante de cirurgia, intervindo em cirurgias, e deu consultas médicas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório