Meteorologia

  • 24 MARçO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Resgatado homem que caiu num poço em Valença

O homem que esta manhã caiu num poço de Valença, distrito de Viana do Castelo, já foi retirado do local. Num primeiro momento o comandante dos bombeiros locais deu a indicação de que a vítima apresentava "ferimentos ligeiros", mas entretanto foi "classificada como ferido grave" após queixas de "dores na coluna dorso-lombar", tendo sido transportada ao hospital.

Resgatado homem que caiu num poço em Valença
Notícias ao Minuto

10:40 - 06/02/19 por Lusa

País Viana do Castelo

O alerta para a operação de busca e resgate do homem foi dado às 08h44 e, pelas 10h10, os bombeiros conseguiram tirá-lo do poço, explicou o comandante dos Bombeiros de Valença, Miguel Lourenço.

De acordo com o comandante, o homem que caiu no poço entre a estação ferroviária de Valença e a Ponte Internacional, a cerca de "oito metros de profundidade", foi "assistido no local" devido a ferimentos "ligeiros".

Mais tarde, essa informação viria a ser atualizada, tendo o homem sido  "classificado como ferido grave" após queixas de "dores na coluna dorso-lombar", pelo que foi transportado ao hospital, revelou à Lusa fonte dos bombeiros.

O homem de 50 anos, trabalhador de uma equipa de limpeza de mato da linha férrea, foi pelas 10h10 retirado do poço apresentando apenas ferimentos ligeiros, mas após ser assistido no local queixou-se de dores na coluna devido à queda, tendo sido levado para o hospital de Viana do Castelo, explicou o comandante dos bombeiros de Valença, Miguel Lourenço.

O poço tem "10 a 12 metros" de profundidade e o homem caiu "a meio, num patamar com uma tampa", localizado entre "quatro a seis metros de profundidade", descreveu a mesma fonte, explicando que "foi mais difícil encontrar o local" da queda do que retirar a vítima.

"O homem de 50 anos é um trabalhador que integra uma equipa de limpeza de mato nos taludes da linha férrea. Não se sabe como caiu naquele poço", observou o comandante.

De acordo com informação disponível na página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil, no local encontravam-se, pelas 10h40, 21 operacionais apoiados por nove viaturas.

A mesma página refere que o acidente aconteceu na freguesia de Valença, Cristelo Covo e Arão.

Miguel Lourenço especificou estarem no local elementos dos bombeiros, uma viatura de Suporte de vida (SIV), a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Viana do Castelo e efetivos da GNR.

[Notícia atualizada às 11h28]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório