Meteorologia

  • 20 FEVEREIRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Confirma-se: A Portugal chegaram 99 quilos de carne de vacas doentes

O Ministério da Agricultura confirma que Portugal recebeu carne oriunda de matadouro polaco no centro de um escândalo. Ao nosso país chegaram 99 quilos desta carne - de vacas doentes - que já foi apreendida. Carne tinha como destino "um operador retalhista"e não deverá ter chegado ao consumidor.

Confirma-se: A Portugal chegaram 99 quilos de carne de vacas doentes
Notícias ao Minuto

12:58 - 31/01/19 por Melissa Lopes 

País Escândalo

"A Rede de Alerta Rápido, que integra o sistema de Segurança Alimentar da União Europeia (RASFF - Food and Feed Safety Alerts | Food Safety), emitiu um alerta dando nota da deteção de um lote de carne de vaca sem condições para entrar na cadeia de consumo, com origem na Polónia, tendo como destino um operador retalhista em Portugal", lê-se no comunicado enviado pelo Ministério da Agricultura. 

Face ao alerta emitido, "as autoridades nacionais desencadearam de imediato todas as diligências, tendo apreendido a totalidade do lote de carne (99 Kg), que foi encaminhado para destruição", refere o Governo. A carne contaminada não terá chegado, portanto, ao consumidor. 

O Governo adianta adianta ainda que a DGAV  (Direção-Geral de Alimentação e Veterinária) apresentou já o relatório da situação às autoridades europeias.

Na origem do escândalo, recorde-se, está um vídeo, captado pelo canal TVN24, que denunciava a  falta de condições de um matadouro polaco, onde os animais eram abatidos mesmo estando num estado de saúde muito débil, com cancro e com feridas. Nas imagens é possível ver que os animais nem de pé se aguentavam. 

Na sequência dessas imagens, as autoridades europeias emitiram um aviso para que os Estados-membros afetados,  onde se inclui Portugal, tomassem medidas urgentes. 

“A prioridade agora é rastrear e retirar do mercado todos os produtos originários deste matadouro”, disse Vytenis Andriukaitis, comissário europeu responsável pela segurança alimentar, num comunicado, pedindo aos países afetados que tomassem medidas rápidas. 

“Ao mesmo tempo, exorto as autoridades polacas a concluírem urgentemente as suas investigações, tomando todas as medidas necessárias para garantir o respeito da legislação da UE, incluindo sanções eficazes, rápidas e dissuasivas contra os autores de um comportamento criminoso, que pode representar um risco para a saúde pública e que retrata um tratamento inaceitável dos animais”, pode ler-se no comunicado, citado pela Euronews.

A Polónia é um dos grandes produtores da União Europeia, produzindo por ano cerca de 560 mil toneladas de carne de vaca. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório