Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2019
Tempo
MIN 7º MÁX 8º

Edição

Sintra contabiliza 36 contentores incendiados e participa ao MP

O município de Sintra contabilizou um total de 36 contentores de resíduos incendiados entre quarta e quinta-feira, num prejuízo de cerca de 16 mil euros, que serão participados ao Ministério Público, informou hoje a autarquia.

Sintra contabiliza 36 contentores incendiados e participa ao MP
Notícias ao Minuto

13:36 - 24/01/19 por Lusa

País Vandalismo

Segundo um relatório da Câmara de Sintra, a que a Lusa teve acesso, na madrugada de quarta-feira foram incendiados sete contentores de resíduos, dos quais quatro no Casal da Barota (Belas) e três em Massamá, que já foram substituídos pelos serviços municipais.

Na madrugada de hoje arderam 29 contentores, repartidos por 15 em Agualva, três em Ouressa, oito no Bairro da Coopalme (Algueirão-Mem Martins) e três (ecoponto) em Massamá, que serão substituídos durante o dia de hoje.

De acordo com a nota enviada à Lusa, os danos provocados nos contentores, de recolha de resíduos indiferenciados e de recolha seletiva (ecopontos), totalizam um prejuízo de "mais de 16 mil euros" nos dois dias e os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Sintra vão "apresentar queixa ao Ministério Público contra desconhecidos".

Também na madrugada de hoje, uma viatura da Polícia de Segurança Pública (PSP) foi apedrejada e atingida por um "dispositivo incendiário", em Loures, na sequência de um incêndio num caixote do lixo, e, em Setúbal, também foi incendiado um autocarro que estava estacionado na via pública.

Uma fonte da PSP disse à Lusa ao início da manhã que, durante a madrugada de hoje, foram incendiados 30 caixotes de lixo e ecopontos, em toda a área do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis), com especial incidência no concelho de Sintra.

As últimas noites têm sido marcadas por diversos atos de vandalismo na Área Metropolitana de Lisboa e em Setúbal.

Estes atos começaram depois de uma manifestação, na segunda-feira, em Lisboa, contra a violência policial, após uma intervenção da PSP no bairro da Jamaica, no Seixal (Setúbal), no domingo, que resultou em incidentes entre os moradores e a polícia que provocaram ferimentos em cinco civis e num agente.

O Ministério Público e a PSP abriram inquéritos aos incidentes no bairro da Jamaica.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório