Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2019
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

Já há mandado de prisão. Armando Vara deverá ser preso nas próximas horas

A juíza titular do processo emitiu, esta segunda-feira, o mandado de prisão para o ex-governante.

Já há mandado de prisão. Armando Vara deverá ser preso nas próximas horas

Depois de ter recebido os documentos que estavam em falta, referentes ao processo Face Oculta, a juíza titular do processo já emitiu o mandado de condução à prisão de Armando Vara, indica a RTP3. A informação terá sido avançada num primeiro momento pelo Correio da Manhã.

A ida do ex-governante para a prisão foi atrasada devido à ausência dos ditos documentos, mas agora, Vara vai ser mesmo reconduzido ao estabelecimento prisional para cumprir a pena de cinco anos de prisão a que foi condenado.

Recorde-se que o antigo governante foi condenado por três crimes de tráfico de influências, tendo o Tribunal de Aveiro dado como provado que o ex-vice-presidente do BCP recebeu 25 mil euros de Manuel Godinho (principal arguido do processo) pelos favores que prestou às suas empresas.

A condenação de Vara ocorreu em 2014, mas o processo só transitou em julgado no passado mês de dezembro, depois de terem sido esgotadas todas as possibilidades de recurso.

Além de Armando Vara também João Tavares (ex-funcionário da Petrogal), Manuel Guiomar (ex-quadro da Refer) e Manuel Gomes (ex-funcionário da Lisnave) foram condenados a penas de prisão efetiva.

Por transitar em julgado estão ainda os recursos interpostos pelos restantes arguidos: Manuel Godinho, José Penedos, Paulo Penedos, Domingo Paiva Nunes, Hugo Godinho e Figueiredo Costa.

Este processo, cujo julgamento arrancou em 2011, contou ainda com outros arguidos de 'peso', como foi o caso de José Penedos (ex-presidente da REN) e o seu filho Paulo Penedos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório