Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Seia planta 500 sobreiros e medronheiros em área ardida em 2017

Mais de 500 sobreiros e medronheiros vão ser plantado no concelho de Seia, numa área afetada pelos incêndios de outubro de 2017, durante uma ação de reflorestação agendada para o dia 17 de fevereiro, foi hoje anunciado.

Seia planta 500 sobreiros e medronheiros em área ardida em 2017

A iniciativa, aberta à participação de voluntários, será realizada pelo município de Seia, no distrito da Guarda, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, e pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE).

A ação enquadra-se no projeto "Verde Puro" e consistirá na plantação de mais de 500 árvores de sobreiro e de medronheiro numa área afetada pelos incêndios de outubro de 2017, concretamente numa parcela de terreno com cerca de 0,85 hectares, localizada junto do Santuário de Santa Eufémia, em Paranhos da Beira, que é propriedade da Fábrica da Igreja local.

O ponto de encontro dos participantes na ação de reflorestação será pelas 09:30, no largo Dr. António Borges Pires, junto do edifício da Câmara Municipal de Seia, e o início dos trabalhos está marcado para as 10:00.

A autarquia de Seia disponibiliza alimentação, transporte e seguro de participação na atividade, devendo os voluntários efetuar a inscrição prévia na página da internet da Câmara Municipal, em www.cm-seia.pt.

A organização aconselha que no dia da atividade os participantes utilizem vestuário adequado, sendo também recomendado o uso de botas, de agasalho impermeável e, se possível, de luvas de trabalho.

A iniciativa "Verde Puro" foi lançada pela CIM-BSE em 2018, na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, e replicada na FIT - Feira Ibérica de Turismo, na Guarda.

Tem como objetivo "a sensibilização para a temática de prevenção de incêndios rurais e para a recuperação de espaços florestais percorridos por incêndios", refere a autarquia de Seia em comunicado.

Da campanha "resultou a angariação de mais de quatro mil padrinhos e madrinhas, um por cada árvore, que agora são plantadas nos municípios mais afetados pelos incêndios de outubro [de 2017], integrados na CIM-BSE", acrescenta a nota.

A CIM-BSE tem sede na Guarda e é constituída por 15 municípios: 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e por três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório