Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Carlos Carreiras diz que ligação à Linha de Cintura é "ver para crer"

O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, disse hoje à agência Lusa que uma intervenção na linha ferroviária "é ver para crer", na sequência da inscrição de 200 milhões de euros no Plano Nacional de Investimentos 2030.

Carlos Carreiras diz que ligação à Linha de Cintura é "ver para crer"
Notícias ao Minuto

19:32 - 11/01/19 por Lusa

País Cascais

O projeto de ligação da Linha de Cascais à Linha de Cintura é um dos 72 projetos que fazem parte do Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030, do Governo, hoje entregue no parlamento, e tem previsto um investimento de 200 milhões de euros para a sua realização.

Questionado pela agência Lusa sobre o montante inscrito e a intenção de intervir na Linha de Cascais, o presidente da autarquia, Carlos Carreiras (PSD), respondeu que "de boas intenções está o inferno cheio".

"Todas as intenções de investimento são bem-vindas, mas de boas intenções está o inferno cheio. No caso da Linha de Cascais, mais do que intenções é preciso que se faça. E este Governo perdeu três anos", pode ler-se numa resposta escrita enviada à Lusa.

O autarca recordou ainda que em 2009 "foi anunciado um concurso para compra de carruagens para a Linha de Cascais que caiu logo após as eleições".

"Além de que esta promessa de investimento apresentada pelo Governo só irá concretizar-se depois de 2030. Ou seja, ainda vão decorrer três legislaturas, pelo menos. A Linha de Cascais não vai aguentar todo este tempo de espera", referiu Carlos Carreiras.

Para o responsável, a solução passaria também por aproveitar mais faixas da Autoestrada 5 (A5).

"O Governo também não menciona alternativa pendular para Lisboa, nomeadamente o aproveitamento de mais faixas dedicadas na A5, opção que exigiria muito menos tempo (seria concretizada na próxima legislatura) e dinheiro", acrescentou.

O Governo enviou hoje ao parlamento o Programa Nacional de Investimentos 2030, que conta com 72 projetos num investimento de 21.950 milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório