Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
15º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Mulher morre no hospital dias depois de dar à luz gémeos

Família acusa Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, de negligência médica. Processo já deu entrada no Ministério Público.

Mulher morre no hospital dias depois de dar à luz gémeos

Uma mulher morreu na manhã do dia 30 de dezembro, no Hospital Dr. Nélio Mendonça, na cidade madeirense do Funchal, 10 dias depois de ter dado à luz gémeos, alegadamente, prematuros por cesariana.

De acordo com o Jornal da Madeira, as complicações pós-parto acabaram por ser fatais para a mãe. A doente ficou internada mais tempo do que previsto e terá apresentado mesmo um quadro de febre. Na manhã de domingo, dia em que morreu, apresentava aparentes sinais de melhorias, contudo, foi encontrada mais tarde já sem sinais de vida.

A madeirense chegou mesmo a ser sujeita a análises para despistar sarampo, visto que foram reportados vários casos na semana anterior na unidade hospitalar, contudo, os testes realizados terão afastado esse quadro.

Dadas as razões desconhecidas para o óbito, foi desencadeado um processo interno de averiguações para apurar as circunstâncias em que este ocorreu.

Os familiares e amigos da mulher não se conformam com a falta de respostas e acusam o Hospital Dr. Nélio Mendonça de negligência.

Avança o Diário de Notícias da Madeira que já entrou mesmo um processo nos serviços do Ministério Público.

Aguardam-se agora os resultados da autópsia para determinar as causas da morte da mulher.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório