Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Remoção de cadáveres de helicóptero do INEM carece de desencarceramento

No teatro de operações estão 81 operacionais, apoiados por 34 veículos.

Remoção de cadáveres de helicóptero do INEM carece de desencarceramento

Em declarações aos jornalistas ao final da manhã deste domingo, o comandante distrital da Proteção Civil, Carlos Alves, esclareceu que estão já a decorrer as operações de resgate na serra de Valongo onde caiu o helicóptero do INEM. 

Nesta fase é necessário, como frisou o comandante, "desencarcerar duas das vítimas" para proceder então "à remoção dos cadáveres em segurança". A maior dificuldade prende-se com a inclinação do terreno, tornando-se por isso imperioso "criar acessos e providenciar formas de estabilizar o solo". 

Trata-se, por isso, de "um processo moroso" em que é necessário acautelar "a segurança dos profissionais envolvidos", ressalvou. 

Já questionado em relação à existência ou não de caixa negra no avião, Carlos Alves revela que desconhece, remetendo essa informação para posterior esclarecimento do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves que está já no terreno a fazer investigação.

O comandante distrital do Porto da Proteção Civil disse desconhecer "qualquer atraso nas comunicações" entre bombeiros e aquela entidade no caso do helicóptero que caiu no sábado.

"Não temos indicação de qualquer atraso da comunicação entre os bombeiros e a Proteção Civil. Toda a operação foi iniciada após comunicação da entidade local da Proteção Civil, neste caso o Comando Distrital de Operações de Socorro [CDOS] do Porto, para as corporações de bombeiros locais".

"Tanto quanto sei, os bombeiros foram os primeiros a chegar ao local", acrescentou o comandante, que afirmou desconhecer "qual a primeira entidade a receber o alerta" sobre a queda do helicóptero e garantindo que o aviso chegou à Proteção Civil "às 20:15". Saliente-se que, de acordo com a NAV, a perda de contacto com o helicóptero ocorreu pelas 18h55

Recorde-se que a bordo do aparelho seguiam dois pilotos e uma equipa médica, composta por médico e enfermeira. Dois dos corpos estavam no interior da aeronave, enquanto os outros dois estavam no exterior. 

[Notícia atualizada às 12h09]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório