Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 11º

Edição

Marcelo condecorou comissário Pierre Moscovici, um "amigo de Portugal"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou hoje o comissário europeu Pierre Moscovici com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, desejando que a distinção possa inspirar o "amigo de Portugal".

Marcelo condecorou comissário Pierre Moscovici, um "amigo de Portugal"
Notícias ao Minuto

23:43 - 06/12/18 por Lusa

País Presidente

O comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros, Fiscalidade e União Aduaneira, que hoje participou numa conferência em Lisboa, foi condecorado numa cerimónia no Palácio de Belém, em Lisboa, à qual assistiram, entre outros, o primeiro-ministro e os ministros dos Negócios Estrangeiros e das Finanças.

"É com profunda satisfação que condecoro hoje um europeísta convicto, um fiel servidor dos ideais que nos unem", começou por dizer num breve discurso o Presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou o envolvimento de Moscovici na construção da União Europeia (UE), mas também o "amigo de Portugal" que, aos 17 anos, "vibrou" com o "momento importante", que foi a Revolução do 25 de Abril, e que "diz que Lisboa e Porto são das cidades que mais gosta de visitar".

Mas Moscovici é também, acrescentou o chefe de Estado, um amigo ligado a "momentos importantes" da vida económica e financeira recentes de Portugal, como o "momento difícil" que tantos esforços exigiu dos portugueses, ou o fim do apoio financeiro a Portugal e o fim da vigilância de procedimento por défice excessivo.

"Esta experiência mostrou que a unidade, o diálogo e a cooperação são pilares centrais da estabilidade do edifício europeu" e que é com a construção de uma união económica e monetária cada vez mais forte que se pode "promover a convergência e resiliência de todos os Estados-membros", disse o Presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou ainda que o comissário europeu dos Assuntos Económicos foi "um interlocutor leal e frontal", com quem foi possível dialogar abertamente, mesmo nos momentos mais difíceis, acrescentando que se honra com Pierre Moscovici "o melhor" da UE, como a solidariedade, a paz ou o desenvolvimento.

Possa a condecoração "servir de inspiração" para que Moscovici continue a trabalhar para uma UE mais justa e solidária, com oportunidades comerciais justas e iguais e para uma união económica e monetária completa, adiantou o chefe de Estado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório