Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Loures: Ao tentar resistir a violação, mulher acabou morta pelo agressor

A Polícia Judiciária deteve, na zona de Lisboa, dois homens suspeitos de violação. Os casos não estão relacionados, embora tenham acontecido ambos no início do mês. Um dos casos, registado em Loures, teve o pior desfecho possível - a morte da vítima. Os dois homens estão em prisão preventiva.

Loures: Ao tentar resistir a violação, mulher acabou morta pelo agressor
Notícias ao Minuto

07:47 - 21/11/18 por Melissa Lopes 

País PJ

Um homem de 27 anos foi detido pela Polícia Judiciária de Lisboa por ser suspeito da prática de homicídio, violação e furto qualificado, crimes cometidos no concelho de Loures no passado dia 8 de novembro. 

A vítima, uma mulher de 21 anos, acabou por perder a vida às mãos do agressor. De acordo com o que a investigação apurou, a vítima encontrava-se no interior de um quarto que havia arrendado, quando foi surpreendida pelo presumível autor do crime, o qual também habitava num outro compartimento da mesma habitação.

Segundo revela a PJ esta quarta-feira em comunicado, o suspeito forçou a vítima a manter relação sexual de cópula, vindo, na sequência da resistência da mesma, a retirar-lhe a vida, mediante uso de força física.

Após a morte da vítima, o suspeito apoderou-se de alguns bens que lhe pertenciam, com o propósito de obter dinheiro com a sua venda, concluiu a investigação. 

As diligências desenvolvidas, imediatamente, pela Polícia Judiciária permitiram a localização, identificação e detenção do suspeito, bem como a recolha de elementos probatórios "inequívocos" da prática do crime.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva. 

Na zona de Sintra, um outro homem foi detido e encontra-se em prisão preventiva por ser suspeito de ter raptado, roubado e violado uma jovem de 19 anos.

Neste caso, o suspeito abordou a vítima perto de uma estação de comboio da linha de Sintra e, sob ameaça de arma de fogo, raptou-a, roubou-a e acabou por levar a cabo a violação num motel. A jovem foi depois abandonada, ao final da tarde, junto a outra estação ferroviária da mesma linha. O detido, de 36 anos, já tinha antecedentes pela prática de crimes da mesma natureza. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório